Quais os tipos de microfones e seus modos de captação?

Saiba quais são os tipos de microfone e seus modos (padrões) de captação de som. Aprenda a escolher da melhor forma o modelo adequado de acordo com a atividade/função exercida.

Imagem ilustrativa de um microfone. Fonte: Oficina da Net
Imagem ilustrativa de um microfone. Fonte: Oficina da Net

Existem diversos modelos de microfones no mercado e se você já parou para escolher algum, provavelmente percebeu que não é uma tarefa fácil se decidir por algum. Entretanto, se souber quais os principais tipos de microfones e seus modos de captação, a compra ficará mais simples.

Embora existam microfones mais adequados para determinada atividade ou função, não quer dizer que seja errado utilizá-los para outras. Tendo isso em mente, é importante que se saiba quais são os tipos de microfones e seu (s) diferentes modos de captação. Caso tenha dúvidas sobre qual fone de ouvido utilizar em conjunto, não deixe de conferir este artigo.

Quais são os tipos de microfones que existem?

Os principais (mais comuns) tipos de microfones que encontramos no mercado são:

  • Dinâmicos (Dynamic)
  • Condensadores de diafragma grande (Large Diaphram Condensor)
  • Condensadores de diafragma pequeno (Small Diaphram Condensor)
  • Microfones de fita (Ribbon Microphones)

1 - Microfones dinâmicos (Dynamic Microphones)

Imagem ilustrativa de microfones dinâmicos (Dynamic Microphones). Fonte: landr
Imagem ilustrativa de microfones dinâmicos (Dynamic Microphones). Fonte: landr blog

Os microfones dinâmicos (Dynamic Microphones) são um dos tipos mais comuns, duráveis e baratos. Eles conseguem entregar um som muito bom dependendo da fonte de gravação.

Através de uma bobina de indução móvel suspensa dentro de um campo magnético de um ímã, os microfones dinâmicos (Dynamic Microphones) funcionam como se fossem um alto-falante (driver) de um fone de ouvido, mas ao contrário. Este tipo de microfone costuma responder bem a transientes e conseguem lidar com mais facilidade com altos níveis de SPL (pressão sonora). Isso torna os dinâmicos ideais para bateria e guitarra.

Exemplo de microfones dinâmicos (Dynamic Microphones):

  • Electrovoice RE20
  • Sennheiser MD421
  • Shure SM7B

2 - Microfones condensadores de diafragma grande (Large Diaphram Condensor Microphones)

Microfones condensadores de diafragma grande (Large Diaphram Condensor Microphones). Fonte: landr blog
Imagem ilustrativa de microfones condensadores de diafragma grande (Large Diaphram Condensor Microphones). Fonte: landr blog

Os microfones dinâmicos (Dynamic Microphones) são um dos primeiros tipos que vem à mente das pessoas ao pensar em gravações de estúdio. Eles possuem uma estrutura robusta, elegante e é comum vê-los em boa parte das gravações profissionais feitas em estúdios.

Através da utilização de um capacitor (condensador ou condenser), os microfones condensadores de diafragma grande (Large Diaphram Condensor) convertem as vibrações produzidas pelos instrumentos musicais e vozes em corrente elétrica. Entretanto, para um microfone deste tipo, que utiliza uma conexão XPR, é necessário uma interface de áudio (phantom power) de 48V para converter o sinal analógico (ondas sonoras) em elétrico através do ADC e amplifica-lo, antes de transmitir para o computador.

Os microfones condensadores de diafragma grande são consideravelmente mais sensíveis que os microfones dinâmicos ou de fita (Ribbon Microphones). Devido à alta sensibilidade, este tipo de microfone é ideal para vozes, pois eles ajudam a criar um som "cheio", dinâmico.

Embora os microfones condensadores de diafragma grande, também conhecidos como LDC (Large Diaphram Condensor), sejam indicados para vozes, é possível utilizá-los em diversas situações. Geralmente, este tipo de microfone oferece vários modos de captação, permitindo que se adaptem a diferentes cenários de gravação.

3 - Microfones condensadores de diafragma pequeno (Small Diaphram Condensor Microphones)

Imagem ilustrativa de microfones condensadores de diafragma pequeno (Small Diaphram Condensor Microphones). Fonte: landr blog
Imagem ilustrativa de microfones condensadores de diafragma pequeno (Small Diaphram Condensor Microphones). Fonte: landr blog

Os Microfones condensadores de diafragma pequeno (Small Diaphram Condensor Microphones) são uma versão miniaturizada dos condensadores de diafragma grande (LDCs). Chamados também de "pencil condensers", eles são muito bons para realizar captação de sons estéreo realistas, além de gravar bem o som de instrumentos acústicos. Este tipo de microfone é comumente visto em gravações de música clássica.

Utilizando um diafragma pequeno para as captações, os Microfones condensadores de diafragma pequeno, também chamados de SDCs (Small Diaphram Condensor), tem boa resposta a transientes, agudos estendidos e captação de sons consistente.

4 - Microfones de fita (Ribbon Microphones)

Imagem ilustrativa de microfones de fita (Ribbon Microphones). Fonte: landr blog
Imagem ilustrativa de microfones de fita (Ribbon Microphones). Fonte: landr blog

Uma das primeiras tecnologias que surgiram quando o microfone foi criado, os microfones de fita (Ribbon Microphones) tiveram o seu auge na época em que transmissões de rádio eram populares. Os primeiros designs deste tipo de microfone eram extremamente frágeis. Dependendo da forma como se manuseava eles, a fita se rompia.

Através de uma fita ultrafina suspensa entre os pólos de um ímã, os microfones de fita (Ribbon Microphones) captam os sons e transmitem o sinal. Este tipo de microfone não lida bem com níveis altos de SPL (pressão sonora), mas o som produzido por eles chama a atenção por serem capazes de produzir uma tonalidade mais quente, tirando sons muito agudos e ásperos. Além disso, é interessante notar que os microfones de fita respondem muito bem à equalizações.

Observação: Embora os microfones de fita produzidos hoje em dia não sejam tão frágeis quanto os primeiros que foram desenvolvidos, devido a tecnologia utilizada, eles ainda apresentam uma certa fragilidade. Ou seja, tome cuidado ao manuseá-los.

Atenção: Nunca utilize Phantom de 48V para alimentar microfones de fita. Isso pode danificar o microfone!

Quais são os modos de captação de microfones?

Existem diversos modos de captação presentes nos microfones. Através deles, é possível aumentar ou diminuir a captação de um som no ambiente. Basicamente existem seis padrões de captação em microfones. São eles:

  • Omnidirecional (Omnidirectional)
  • Cardióide (Cardioid)
  • Hipercardióide (Hypercardioid) [Mini-Shotgun]
  • Supercardioide (Supercardioid) [Shotgun]
  • Lobar (Unidirectional)
  • Bidirecional (Bidirectional) [formato de 8]

1 - Omnidirecional (Omnidirectional)

Ideal para: entrevistas, assuntos em movimento

Captação de áudio do modo omnidirecional (omnidirectional) em microfones. Fonte: premiumbeat
Captação de áudio do modo omnidirecional (omnidirectional) em microfones. Fonte: premiumbeat

O modo omnidirecional (omnidirectional) em microfones é utilizado para gravar o áudio em todas as direções. Essa forma de captação geralmente é utilizada para gravar sons que não possibilitam um controle preciso devido ao ambiente que o microfone está posicionado (exemplo: conferência de imprensa).

Embora seja barulhento (captam diversos sons com facilidade), o modo omnidirecional é flexível e é interessante utilizá-lo como um complemento durante a gravação. Essa forma de captação é principalmente utilizada por microfones de lapela (lavalier Mic ou lav mic), que geralmente são presos na roupa da pessoa para captar o som o mais próximo possível.

Exemplos de microfones com modo omnidirecional:

  • Polsen OLM-10
  • Rode smartLav +
  • Sennheiser XS Lav

2 - Cardióide (Cardioid)

Ideal para: gravação de documentário, casamentos, eventos

Captação de áudio do modo cardióide (cardioid) em microfones. Fonte: premiumbeat
Captação de áudio do modo cardióide (cardioid) em microfones. Fonte: premiumbeat

O modo cardióide (cardioid) em microfones é um padrão de captação muito flexível que consegue se encaixar em praticamente todo tipo de atividade/utilização. Trata-se de um modo ligeiramente direcional, mas não confunda com os padrões hipercardióide (Hypercardioid) ou supercardióide (Supercardioid), pois ele ainda capta ruídos de fundo caso o ambiente não for acusticamente controlado.

Mesmo que haja a chance de captação de ruídos de fundo, o modo cardióide (cardioid) está presente em microfones de diversos tamanhos e formas. Devido a este fato, ainda há como contornar um pouco a questão da forma como é feita a captação dos sons no ambiente através da escolha de um formato e posicionamento adequados.

Exemplos de microfones com modo cardióide (cardioid):

  • Microfone Shotgun Polsen SCL-1075
  • Rode VideoMicro
  • Lavalier Audio-Technica Pro 70

3 - Hipercardióide (Hypercardioid) [Mini-Shotgun]

Ideal para: utilizar em conjunto com câmeras, na gravação de documentário e na gravação de instrumentos.

Captação de áudio do modo Hipercardióide (Hypercardioid) em microfones Mini-Shotgun. Fonte: premiumbeat
Captação de áudio do modo Hipercardióide (Hypercardioid) em microfones Mini-Shotgun. Fonte: premiumbeat

O modo Hipercardióide (hypercardioid) em microfones foi pensado para aqueles que querem isolar o áudio de algo, rejeitando ruídos de fundo. Trata-se de um padrão de captação direcional presente em microfones do tipo "shotgun".

A grande diferença entre os modos Hipercardióide (hypercardioid) e supercardióide (supercardioid) é o nível de ruído de fundo traseiro e lateral que é captado. Geralmente o modo hipercardióide é utilizado para a gravação de instrumentos musicais.

Exemplos de microfones com modo hipercardióide (Hypercardioid) [Mini-Shotgun]:

  • Audix SCX1-HC
  • Sennheiser MKH-416

4 - Supercardióide (supercardioid) [Shotgun]

Ideal para: reality shows, conteúdo com roteiro

Captação de áudio do modo Supercardióide (supercardioid) em microfones Shotgun. Fonte: premiumbeat
Captação de áudio do modo Supercardióide (supercardioid) em microfones Shotgun. Fonte: premiumbeat

O modo Supercardióide (supercardioid) em microfones é um dos padrões de captação mais populares entre os cineastas indie (independentes), pois é capaz de proporcionar um áudio com pouco ruído de fundo e perdoam falhas na captação.

Encontrado normalmente em microfones shotgun, o modo supercardióide (supercardioid) é comumente utilizado para captar sons de microfones que estão presos a um boom pole ou em cima de uma câmera.

Exemplos de microfones com modo supercardióide (supercardioid) [Shotgun]:

  • Rode VideoMic Pro
  • Rode NTG2
  • Schoeps Colette

5 - Lobar (Unidirectional ou Unidirecional)

Ideal para: filmes com muita narração, conjuntos de microfones controlados

Captação de áudio do modo Lobar (Unidirectional ou Unidirecional) em microfones. Fonte: premiumbeat
Captação de áudio do modo Lobar (Unidirectional ou Unidirecional) em microfones. Fonte: premiumbeat

O modo Lobar (Unidirectional ou Unidirecional) em microfones é o padrão de captação direcional mais preciso que é possível utilizar. Devido a isto, é difícil posicionar microfones com este modo da maneira correta e, consequentemente, é recomendado que uma pessoa opere o microfone durante o uso.

Encontrado em microfones shotgun, o modo Lobar (Unidirectional ou Unidirecional) necessita de alguém para operar o microfone, como foi dito acima. Por conta disso, muitos acabam optando pelo modo supercardióide (supercardioid), pois é um padrão de captação mais tolerante a erros.

Exemplos de microfones com modo Lobar (Unidirectional ou Unidirecional):

  • Sennheiser MKE 600
  • Sennheiser MKH 8060

6 - Bidirecional (Bidirectional) [formato de 8]

Ideal para: podcasts, entrevistas de rádio

Captação de áudio do modo Bidirecional (Bidirectional) [formato de 8] em microfones. Fonte: premiumbeat
Captação de áudio do modo Bidirecional (Bidirectional) [formato de 8] em microfones. Fonte: premiumbeat

O modo Bidirecional (Bidirectional) em microfones é um padrão de captação de áudio na parte frontal e traseira do microfone. Trata-se de um tipo de padrão comumente utilizado em podcasts e entrevistas de rádio.

Exemplos de microfones com modo Bidirecional (Bidirectional):

  • Blue Yeti
  • Projetos de estúdio B3
  • Rode K2

Quais acessórios utilizar em conjunto com o microfone

Para saber os acessórios (equipamentos) adequados para se utilizar com o microfone, acesse esse artigo.

5 Fones Bluetooth, qual comprar?

Conteúdo relacionado

Qual conjunto de headphone e microfone condensador utilizar?
Fones de Ouvido

Qual conjunto de headphone e microfone condensador utilizar?

Confira aqui como escolher o headphone e o microfone condensador ideal para a sua live stream, vídeoconferência, podcast, jogo multiplayer e mais!

O que é ADC e por que ele é importante hoje para a gravação de uma música?
Fones de Ouvido

O que é ADC e por que ele é importante hoje para a gravação de uma música?

Saiba o que é o ADC e porque ele é necessário e importante hoje para as gravações de música. Entenda o porquê a reprodução do áudio digital só é possível devido a ele.

Como usar uma câmera DSLR ou mirrorless como webcam
Tecnologia

Como usar uma câmera DSLR ou mirrorless como webcam

Saiba como utilizar uma câmera DSLR ou mirrorless como uma webcam em suas lives ou videoconferências. Há diversas formas para obter uma qualidade melhor do que as webcams.