Atualização do Google Chrome traz mudanças visuais e na privacidade de usuários

Principal novidade é a incapacidade de sites de identificarem quando um usuário está navegando no modo privado. Além disso, o Chrome 76 traz atualizações para desenvolvedores e no campo visual.

Por Google Pular para comentários
Atualização do Google Chrome traz mudanças visuais e na privacidade de usuários

A Google lançou recentemente uma atualização para o browser Google Chrome. O Chrome 76 tem diversas atualizações focadas, principalmente, na segurança e anonimato do usuário.

Uma das mudanças anunciadas pela Google foi a modificação na navegação em modo privado. Antes, sites conseguiam identificar que o usuário estava navegando neste modo e bloquear seu acesso - isso não vai ocorrer mais.

 Sites não podem mais identificar quando um usuário está acessando o endereço em modo privado.Sites não podem mais identificar quando um usuário está acessando o endereço em modo privado.

A retirada do plugin do Adobe Flash do browser também foi anunciada nesta atualização. Desde 2017 a Adobe diz que vai descontinuar o Flash, o que fez com que a Google decidisse retirá-lo do navegador. Mesmo assim, usuários que ainda quiserem reativar o Flash podem fazê-lo manualmente, por meio das configurações do navegador.  

No campo visual, o Chrome 76 agora contém modo escuro e configurações que permitem layouts com esquema de cores definidos pelo usuário, além de um efeito translúcido, lembrando o navegador para smartphones.

No modo escuro, agora sites podem habilitar esse recurso automaticamente ou seguir o esquema de cores dos usuários.

Chrome 76 agora oferece botão de instalar na barra de endereços.Chrome 76 agora oferece botão de instalação na barra de endereços.

Ainda no desktop, o Chrome 76 agora oferece um botão de instalação quando o site acessado possui um aplicativo. Um ícone aparece na barra de endereço, que, ao ser clicado, abre uma caixa com informações do app e um outro botão para confirmar sua instalação.

Já a versão para Android e iOS apresenta modificações voltadas principalmente para desenvolvedores. Dentre elas estão o "Encontrar na Página", que funciona com a linha de programação iFrames, incluindo AMP (Accelerated Mobile Pages); otimização no gerenciamento e sincronização do histórico de navegação, sugestões de senhas fortes na hora de realizar cadastros e um novo design na ferramenta de gerenciamento de senhas salvas.

Se quiser saber mais detalhes das modificações feitas no Chrome 76, veja o vídeo abaixo, publicado pela Google.

Disponibilidade

O Chrome 76 deve chegar tanto aos smartphones (Android e iOS) quanto computadores (Windows, macOS e Linux) nas próximas semanas. Para quem quiser atualizá-lo manualmente, é possível checar a área de atualizações do Chrome no próprio browser.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Minha foto