Google revela Pixel 4 com a tecnologia do Projeto Soli e Motion Sense (Copia do LG G8?)

O Google, mais uma vez, "vazou" informações de seu próprio smartphone. O Pixel 4, que deve ser lançado em Outubro deste ano, terá inclusa uma tecnologia surpreendente de controle de movimento e desbloqueio facial.

Por Google Pular para comentários
Google revela Pixel 4 com a tecnologia do Projeto Soli e Motion Sense (Copia do LG G8?)

O novo smartphone Pixel 4 do Google deve ser lançado no final do ano, e a empresa está inovando na forma como faz seus anúncios. Como se fossem rumores, o próprio Google vai revelando aos poucos alguns detalhes do dispositivo que será lançado. No último vídeo postado pela gigante das buscas, que produz essa linha de smartphones, podemos ver alguns recursos novos para esta geração: controle de movimento e desbloqueio facial. Um desses novos recursos é o Motion Sense. Baseado no Projeto Soli, que o Google iniciou há quatro anos. 

Projeto Soli
Projeto Soli

 

O Motion Sense permite que você controle as funções básicas do seu Pixel 4, detectando as ondas da sua mão e transformando elas em controle de software. O recurso permite pular músicas, adiar alarmes e silenciar ligações, apenas agitando as mãos, sem precisar tocar no dispositivo, como você pode ver no vídeo abaixo.

Além desses recursos citados anteriormente, o Google planeja mais funções para esta tecnologia, que ainda não foram reveladas. O Motion Sense é baseado no Soli, uma tecnologia de detecção de movimento baseada em radar que o Google revelou em sua conferência anual de desenvolvedores de E / S de 2016. O Soli consegue detectar movimentos de forma bastante precisa, e obteve aprovação da FCC (Comissão Federal de Comunicações dos Estados Unidos) no último mês de janeiro. Assim sendo, o Google finalmente pode ser usada pela companhia.

O Pixel 4 será o primeiro dispositivo do mundo a incluir a tecnologia Soli, e o Google diz que estará disponível em "países selecionados do Pixel" no lançamento (provavelmente o Brasil ficará de fora).

O Google também anunciou o desbloqueio facial, mas de um jeito diferente. Com a tecnologia Soli integrada ao dispositivo, é possível ativar os sensores de destravamento de face no dispositivo, pois ele detecta sua mão alcançando o dispositivo. 

Diferente do reconhecimento facial que temos em dispositivos de fabricantes Android de terceiros hoje, ou o que o próprio Android costumava incorporar em um determinado momento. Este sistema está mais próximo do sistema que a Apple introduziu com o iPhone X em termos de complexidade e, mais importante, segurança.

O Google diz que isso deve significar que o aparelho será desbloqueado quando você estiver pronto para usá-lo, já que ele faz tudo isso instantaneamente. Assim como tradicionalmente acontece, o desbloqueio facial terá suporte para autorizar pagamentos e fazer login em aplicativos.

O Google revelou o design do Pixel 4 em fotos (ou talvez renderizações fotorrealistas) em junho, contrariando a tendência de manter os detalhes em segredo até um pouco antes do lançamento.

Dessa forma, é esperado que o Google revele mais detalhes ainda do novo smartphone antes do lançamento, que provavelmente acontecerá em outubro, com base nos lançamentos passados.

Leia também: Black Friday: KaBuM! oferece mais de 1 milhão de produtos com até 80% de desconto. Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Minha foto