Oficina da Net Logo

Ad blocker do Chrome estará disponível para todos em julho

Quando os anúncios vistos como proibidos forem identificados em um site, quem os publicou pode receber um alerta através do Ad Experience Report no console da ferramenta de pesquisa do Google.

Por | @oficinadanet Google Pular para comentários

O Google, com a finalidade de proteger os usuários de anúncios publicitários abusivos, começou a usar o Chrome para bloquear as propagandas que pudessem violar os padrões definidos pela Coalition for Better Ads, que são responsáveis por determinar estilos que devem ser respeitados.

O recurso estava em funcionamento somente em sites norte-americanos e europeus até o momento, o Google decidiu estender a ferramenta para usuários de todo o mundo a partir de julho. Deste modo, o navegador irá passar a bloquear automaticamente anúncios em forma de pop-up, aqueles que apresentam uma contagem regressiva antes de abrir, páginas com vídeos que rodam automaticamente, entre outros.

Assim que os anúncios vistos como proibidos forem identificados em um site, quem os publicou pode receber um alerta através do Ad Experience Report no console da ferramenta de pesquisa do Google.

Ad blocker do Chrome estará disponível para todos em julho.Ad blocker do Chrome estará disponível para todos em julho. Leia em destaque: Palavras mais buscadas no Google em 2018 no Brasil e no Mundo.

“Nosso objetivo final não é filtrar anúncios, mas construir uma web melhor para todos, em qualquer lugar. A aplicação do Chrome aos padrões da Coalizão inspirou muitos proprietários de sites a melhorar a experiência de publicidade em seus sites de uma maneira que beneficia os usuários”, diz o blog do Chrome.

Desde que o ad blocker do Chrome começou a ser usado nos Estados Unidos e na Europa, o Google já analisou milhões de sites no mundo todo. A iniciativa vem dando bastante certo.

A companhia já disponibilizou padrões em que as empresas criadoras de anúncio devem seguir para evitar que acabem bloqueados pelo Chrome.

A novidade estará disponível para usuários do mundo todo em 9 de julho.

Comentários
Carregar comentários