Google irá liquidar com apps que enchem a tela de bloqueio com propagandas

O Google resolveu proibir de vez na Play Store os aplicativos que exibam propaganda na tela de bloqueio.

Por | @oficinadanet Google

Os usuários que já baixaram algum aplicativo de memória, edição de foto, VPN ou gerenciador de arquivos, provavelmente já devem ter se deparado com a presença de encontrar a tela de bloqueio lotada de publicidade. Nestes casos, os desenvolvedores aproveitaram do acesso ao aparelho para conseguirem uma renda extra.

O fato em questão acaba atrapalhando a experiência da maioria dos usuários, bem como o gasto excessivo da franquia do dono do aparelho. Por conta disso, o Google resolveu na quinta-feira (30/11) proibir de vez na Play Store os aplicativos que exibam propaganda na tela de bloqueio.

Google irá liquidar com apps que enchem a tela de bloqueio com propagandas.Google irá liquidar com apps que enchem a tela de bloqueio com propagandas.

Leia também:

Os desenvolvedores, por sua vez, necessitam ganhar dinheiro, no entanto, o excesso de propagandas acaba prejudicando a experiência do usuário.

“Apps que contêm anúncios enganosos ou interferentes não são permitidos. Eles só podem ser exibidos dentro do aplicativo que são veiculados. Consideramos anúncios veiculados no seu app como parte do app. Os que são exibidos no app precisam estar conformidade com todas as nossas políticas”, disse o Google.

Conforme a nova política publicada pelo Google, a menos que o aplicativo tenha uma função exclusiva de tela de bloqueio, não será mais possível monetizar o espaço do Android.

A nova regra já está em vigor e, muito provavelmente, os desenvolvedores ganharão um tempo para de adaptar a ela. A medida é bastante importante para conseguir melhorar a experiência do uso do Android.

Mais sobre: google android propaganda
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Destaquesver tudo