Review: Onmyoji Arena, um MOBA mobile belo em visual e gameplay, mas confuso e nada explicativo

Um belíssimo MOBA mobile, com gameplay divertida e rápida de ação, mas com interface muito polúida e graves falhas explicativas.

Por Games Pular para comentários
Onmyoji Arena - Imagem: Divulgação
Onmyoji Arena - Imagem: Divulgação

Se você busca por um MOBA mobile, Onmyoji Arena pode ser uma opção muito boa para se divertir de maneira gratuita no Android ou iOS. Bom, um MOBA é um estilo de jogo baseado em partidas isoladas onde há um mapa geralmente dividido em rotas (superior, meio e inferior), e com duas bases. Nesse mapa ocorre uma partida entre dois times compostos por 5 membros cada um para destruir a base inimiga (você pode entender melhor sobre MOBAs aqui). Entre os maiores nomes do gênero estão League of Legends e DOTA, porém os MOBAs chegaram para smartphones também e Onmyoji Arena é um deles.

É difícil ter grandes referências de MOBAs Mobile, mas Mobile Legends é uma, mesmo sendo uma grande cópia de League of Legends. Onmyoji Arena entra no gênero com o clássico mapa de MOBAs, um sistema de selva, buffs e objetivos e torres, bem como qualquer outro MOBA. O grande diferencial desse game são seus personagens, habilidades e temática. Se trata de um jogo desenvolvido pela NetEase, uma empresa chinesa, e com isso traz uma fortíssima temática oriental.

Onmyoji Arena: belo em visual e gameplay, mas confuso e nada explicativo

Agora vamos a avaliação e apresentação setorial do game, interface, gráficos e gameplay.

Interface:

Interface com tantos elementos que é difícil entendê-los e leva muito tempo e exploração para isso.
Interface com tantos elementos que é difícil entendê-los e leva muito tempo e exploração para isso.

Ao se abrir o game, não é nem de longe um menu e interface intuitivo e user-friendly. Começar a jogar Onmyoji Arena não é fácil justamente porque é bem fácil se perder em toda a interface, menu, telas informativas e de eventos. Mas, caçando especificamente o que se quer, existe informação mais que o suficiente para se estudar cada personagem e aos poucos se pode compreender melhor como usufruir de tudo dentro do jogo. Não há em nenhum momento um tutorial para ensinar onde está cada coisa, nisso cada player está sozinho e tem que aprender com o tempo e experiência. A única luz de ajuda são algumas indicações com bolinhas vermelhas sob as opções no menu indicando que há algo para receber ou de novo para ler.

Outra dificuldade é saber como se consegue gold e para que serve cada coisa que se recebe. Existem muitas fichas, tokens e itens que não são muito explicativos para o que servem. E tampouco é óbvio ou evidente como conseguir novos personagens, skins e o que é "estima" ou "maestria". A primeira é sua "amizade" com um campeão em questão, o que desbloqueia novas danças, emojis e falas. A segunda é sua experiência com o campeão que pode resultar em uma skin exclusiva quando se chega ao último nível. Bom, seria de grande ajuda se em algum momento o game parasse para te explicar alguma coisa sobre o menu, os eventos, os itens, funcionalidades e etc, o único tutorial que existe é dentro de uma partida, sobre itens, skills e objetivo de jogo. Mas, quem baixa um MOBA geralmente sabe dessa mecânica básica.

Visual:

Personagens bonitos e muito bem desenhados.
Personagens bonitos e muito bem desenhados.

O maior atrativo do jogo é de longe seu visual. Os campeões, chamados de shikigamis (referência a invocações místicas através de amuletos de papel) são extremamente bem desenhados com temática oriental e muitos trazem consigo inspirações de deuses orientais também. As habilidades são bem construídas e com efeitos muito bonitos. O mapa por si só também é agradável aos olhos, tanto em beleza quanto em funcionalidade.

Existem também um enorme número de skins no game, uma mais bem feita que a outra, algumas com efeitos, animações e falas diferentes. Realmente muito semelhante ao LoL, mas Onmyoji Arena traz muito mais detalhes. O jogo se vende completamente pelo visual incrível, mas não tão leve para os aparelhos celulares. Existem, porém, configurações de qualidade gráfica para torna-lo mais leve. Porém, sinceramente, não vale a pena jogar Onmyoji Arena com baixíssima qualidade e pouco desempenho, afinal, é um MOBA que exige respostas em tempo real e reflexos, então baixo FPS pode ser literalmente fatal em uma partida.

Gameplay:

Gameplay de ação realmente boa, divertida e com passo rpido.
Gameplay de ação realmente boa, divertida e com passo rápido.

Outro ponto positivo que talvez compense a completa bagunça que é a interface e menu do game. A gameplay de ação nas partidas é muito bem construída e, acima de tudo, divertida. Não é difícil jogar em um smartphone pois muitas coisas são automatizadas (mas com opção de deixar tudo manual), entre elas a mira de auto-ataques e de skills. O game então realmente traz um potencial de jogadas complexas e rápidas, mesmo em uma tela de celular. O sistema típico de MOBAs como torres, base e buffs de selva também é muito similar. Existem dois grande objetivos nas selvas superior e inferior, sendo a inferior o objetivo mais fácil e que facilita destruir torres, o Kraken, enquanto na selva superior fica o Orochi, um objetivo muito mais difícil e que concede um grande buff às suas tropas e ao seu time.

A construção de habilidades dos campeões também é bem satisfatória. Existem campeões muito diversos e para todos os gostos, desde visual até o estilo de gameplay. Há kits de habilidades complexos e simples, favoráveis a iniciantes e difíceis até mesmo para veteranos. A graça de Onmyoji Arena é jogar com múltiplos campeões em diversas partidas, ranqueadas ou não. Assim como todo MOBA, Onmyoji Arena pode não ser um jogo para simplesmente te distrair no celular e nem mesmo um jogo casual, mas é certamente interessante para quem joga de maneira mais séria.

É importante salientar que a conexão com a internet também é crucial. Baixo ms favorece e muito uma gameplay vitoriosa. No final das contas, não é um jogo para se jogar com dados móveis e tampouco em espaços públicos, pois exige muita concentração e dedicação. O positivo de sua portabilidade é poder jogar com amigos sem precisar de computadores ou consoles.

Contudo, jogar muito seriamente Onmyoji Arena, assim como jogadores de League of Legends o fazem em ranqueadas, pode ser muito estressante. Justamente por ser um game mobile, não é nada raro que membros do seu time simplesmente abandonem a partida do nada, tenham péssimas conexões ou simplesmente não sabem o que estão fazendo e desconhecem completamente o sistema de rotas e funções.

Existem 5 funções para 3 rotas e uma selva. O campeão da rota superior é tipicamente um personagem lutador corpo-a-corpo ou tanque, enquanto a rota meio fica para magos, a inferior para um atirador e um suporte e a jungle fica com um lutador ou assassino. Dentro de Onmyoji Arena as funções dos personagens são separadas em mago, ninja (assassino), samurai (lutador), suporte, atirador e tanque. Agora muita gente não sabe disso, ou ignora isso, o que é um problema geral de MOBAs Mobile, mas que Onmyoji simplesmente não minimiza. As explicações sobre as funções e rotas são bem rasas e na seleção de campeões antes de uma partida não há como indicar uma rota ou função antes de selecionar o campeão. Então, se por um acaso, o time inteiro quiser jogar com um mago, pois então será um time de 5 magos em todas as rotas, menos na selva que exige um feitiço e itens específicos que só são automáticos para funções típicas de selva. No final das contas, jogar com amigos é a melhor solução para o problema.

Exemplos de funções e campeões em cada uma delas.
Exemplos de funções e campeões em cada uma delas.

A comunicação por chat também é bem falha e é na realidade difícil de identificar onde se clica para escrever e difícil de perceber que alguém escreveu algo. Novamente, é um MOBA com grande potencial competitivo, mas com pouca competitividade dentro do game. Partidas comuns e de ranques baixos se resumem a uma ou duas pessoas que realmente sabem o que fazem ganhando para todo o time. Isso é até natural em qualquer MOBA, mas o jogo por si só tem uma parcela de culpa pela grande falta de treinamento e explicação.

Conclusão:

No final das contas, é um game bonito, divertido de se jogar algumas vezes ou de vez em quando com amigos, mas que peca muito em manter jogadores. Não é nada intuitivo, é muito difícil de se começar no game porque os campeões são extremamente caros e se consegue gold a um passo muito lento. Comprar novos campeões é um grande desafio e a loja exerce preços absurdo, com uma média de 60 reais por uma única skin de personagem, enquanto há skins que chegam até mesmo a 180 reais. Uma interface muito poluída dificulta achar e reivindicar missões. Porém, mesmo com os pontos negativos, a gameplay de combate e sistematicamente falando é talvez a melhor dentre os MOBAs mobile. Por isso, Onmyoji Arena é no final das contas um bom jogo para o gênero e para uma plataforma mobile, porém com graves falhas de interface e explicação. Testar o game e jogar de vez em quando é legal, mas levar ele a sério demais pode ser estressante e decepcionante.

Comentários:
Carregar comentários