Exploit do PS4 surge em modo online

Pirataria e o mundo dos games sempre andaram juntas.

Por | @oficinadanet Games

A pirataria no mundo dos games não é um assunto novo, bem pelo contrário, é bastante recorrente. Mesmo com a chegada dos consoles com uma maior tecnologia, nada mudou. O PlayStation 2, por exemplo, acabou recebendo um chip que permitia o uso de jogos gravados em casa.

Agora, ao que tudo indica, o PlayStation 4 da Sony foi o cotado da vez. Em 2015, o console já havia recebido um jailbreak, sendo necessária uma versão de Firmware muito baixa para ser rodado. No entanto, mais recentemente, foi liberado de modo online um exploit para a versão do sistema 4.05.

Exploit do PS4 surge em modo online.Exploit do PS4 surge em modo online.

Leia também:

Através da brecha é possível que todos tenham acesso as funcionalidades do console, ou seja, deixando em aberto o uso de códigos arbitrários no console.

Os programadores envolvidos no acesso de modo indevido ao PlayStation 4 não removeram as defesas anti-pirataria que o videogame possui. Veja os que eles disseram:

“Resumo

Neste projeto você encontrará uma implementação completa do recurso de kernel "namedobj" para o PlayStation 4 em 4.05. Ele permitirá que você execute o código arbitrário para permitir o jailbreak e as modificações no nível kernel no sistema. Esta versão, no entanto, não contém nenhum código relacionado a desabilitar mecanismos anti-pirataria ou executar homebrews. Este exploit inclui um loader compatível com os payloads na porta 9020 que os executará após o recebimento(...)

Patches incluídos

Os seguintes patches são feitos por padrão na cadeia ROP do kernel:

  • Desabilitar a proteção de gravação do kernel
  • Permitir mapeamento de memória RWX (leitura-gravação-execução)
  • Resolução dinâmica (sys_dynlib_dlsym) permitida em qualquer processo
  • Chamada de sistema personalizada # 11 (kexec ()) para executar código arbitrário no modo kernel
  • Permitir que os usuários não privilegiados chamem setuid (0) com sucesso. Funciona como uma verificação de status, dobra a escalação de privilégios.”

Assim, mesmo que os programadores tenham comentado que o novo exploit não desabilita as proteções do console, mesmo assim acaba deixando uma porta em aberto para que outras pessoas também consigam fazer o mesmo.

Bom, como podemos perceber, a pirataria poderá chegar também ao PS4 através desta nova brecha de segurança. Para ter mais informações sobre o exploit acesso o GitHub.

DEIXE SEU COMENTÁRIOComente aqui
MAIS SOBRE ps4 sony pirataria games
Assine a nossa newsletter

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Comentários