Oficina da Net Logo

Pokémon Company diz que foi apresentado somente 10% do Pokémon Go

Mesmo tendo perdido muitos jogadores, Pokémon Go mantém uma base sólida de usuários.

Por | @oficinadanet Games Pular para comentários

O Pokémon Go, logo após o seu lançamento, virou febre mundial. Porém, no decorrer dos meses, ele acabou sendo abandonado por muitos jogadores e perdendo espaço na mídia. Mesmo assim, o jogo, que tem como objetivo levar os jogadores para as ruas à caça dos bichanos, manteve um fiel público.

Até então, muitas novidades já chegaram para o Pokémon Go, como raids para a captura de monstros raros, Pokémon da segunda geração e ainda outras novidades. A Pokémon Company, recentemente, disse que 90% do jogo ainda não foi explorado.

Pokémon GoPokémon Go

“Nós atingimos somente 10 por cento do que a Pokémon [Company] e a Niantic [Labs.] estão tentando fazer, então mais para a frente teremos que incluir experiências essenciais em Pokémon, como a troca de monstrinhos, batalhas ponto a ponto, e outras possibilidades”, disse  Tsunekazu Ishihara, executivo da Pokémon Company. Leia em destaque: Lançamentos de jogos da semana (12/11 a 18/11).

Isso quer dizer que as alterações mais radicais do game ainda estão por vir, com funções requisitadas pelos fãs do jogo. Na entrevista, Ishihara também comentou sobre a localização dos monstrinhos e os problemas sociais relacionados ao tema:

“Dependendo da localização, há muitos pokémons com diferentes características. Então, o que nós devemos fazer com eles no mundo real? Um ponto de vista é ter pokémons frios em climas mais amenos, mas então isso significa que pessoas nascidas em ilhas tropicais não serão capazes de capturá-los. Portanto, nós sempre estamos pensando em como encontrar o equilíbrio entre a interface do jogo, a existência de pokémons e como os jogadores se sentem sobre suas coleções. No momento, se você faz com que pokémons do tipo elétrico apareçam em usinas de energia, é realmente uma boa ideia encontrá-lo por lá — é seguro, e regionalmente correto? Vemos isso como um verdadeiro problema.”

Leia também:

Ishihara disse que por se tratar de um jogo que interagem com o mundo real, o Pokémon Go pode causar distúrbios sociais, como alguns tipos de acidentes.

“Por outro lado, [Pokémon GO] criou vários problemas sociais. Quando várias pessoas se unem, causam confusão em massa. Além disso, isso não é limitado por Pokémon GO, mas o problema de caminhar enquanto olha o smartphone é o que temos que focar e pensar sobre.”

Bom, diante essas declarações, o game ainda deverá revelar ótimas surpresas. Vamos aguardar!

MAIS SOBRE: #games  #pokemongo  #Niantic  #Pokemon
Comentários
Carregar comentários