Oficina da Net Logo

12 passos para impulsionar publicação no Facebook Ads sem desperdiçar dinheiro

Se você quer impulsionar publicações no Facebook e ter um maior alcance, não eixe de conferir nosso tutorial com ótimas dicas para economizar dinheiro.

Por | @oficinadanet Facebook

Se você é dono de um negócio, e costumava anunciar seus produtos ou serviços em uma página no Facebook, deve ter percebido que está cada vez mais difícil ter um bom alcance orgânico (não pago) das publicações. Isso porque a rede social de Mark Zuckerberg quer que você pague por isso. E não tem jeito, se você quer atingir muitas pessoas com uma publicação no Facebook, a forma mais eficiente é colocando seu dinheiro no negócio. Para que você saiba como fazer isso, nós elaboramos o tutorial de como criar publicação impulsionada no Facebook.

Com ele, esperamos simplificar esse que é um conteúdo complexo, e dar alguns macetes, para que seu investimento seja bem aproveitado e você obtenha sucesso. Confira logo abaixo o tutorial.

Veja também 5 dicas para ter sucesso em anúncios pagos do Facebook Ads.

Como impulsionar publicação com o Facebook Ads?

Passo 1: Inicie uma campanha

Primeiramente, acesse o Gerenciador de Anúncios com sua conta do Facebook logada e após isso, acesse o Facebook Ads. Para criar uma nova campanha, clique em "Criar +".
Como criar anúncio no Facebook AdsComo criar anúncio no Facebook Ads

Passo 2: Use a Criação Guiada

Não faça seu anúncio pela criação rápida, pois desta forma você não conseguirá editar várias ferramentas que permitirão à você ter um melhor desempenho do anúncio. Clique em "Mudar para criação guiada".

Utilize a Criação Guiada no Facebook AdsUtilize a Criação Guiada no Facebook Ads

Passo 3: Defina o objetivo do impulsionamento

O Facebook Ads permite que você defina o objetivo do seu impulsionamento, como por exemplo, se você quer atingir um grande alcance com a publicação ou se quer reconhecimento da marca, se você prefere que haja mais tráfego, envolvimento, instalação de seu app, visualização de vídeo, gerar cadastros, receber mensagens, conversões, venda de catálogo ou visitas ao estabelecimento.

Esses objetivos vão depender muito do seu tipo de negócio e o que você pretende conseguir com o impulsionamento, portanto, pense bem antes de escolher. Por exemplo, se você quer apenas que uma publicação sua seja vista por muitas pessoas, então escolha a opção alcance.

Já se você pretende ganhar muitas curtidas na postagem, então deve escolher o engajamento. Se você vai postar um vídeo, escolha a visualização de vídeo, e por aí vai. Mas sempre tome cuidado para escolher a opção certa e não perder dinheiro.

Objetivo do impulsionamento no FacebookObjetivo do impulsionamento no Facebook

Passo 4: Dê um nome para sua campanha

Não se esqueça de dar nomes para suas campanhas, pois no caso de você criar várias campanhas diferentes, isso vai ajudar você na organização e na identificação de cada uma delas. Nessa seção, selecione a página que você estará impulsionando a publicação.

Dê um nome para sua campanhaDê um nome para sua campanha

Passo 5: Crie públicos

Após escolher seu objetivo e dar nome a campanha, crie públicos para suas campanhas. Essa funcionalidade é muito útil, principalmente se você impulsiona constantemente para a mesma população, produtos diferentes. Você pode criar quantos públicos quiser. Coloque um nome para seu público que seja fácil compreender, para não acontecer de uma próxima publicação, você não lembrar das configurações deste público.

Clique em "Criar novo" e depois em "Público personalizado". Escolha um dos objetivos que aparecerá, como Arquivo de Clientes, Tráfego de Site

Crie públicosCrie públicos

Passo 6: Localização

Atente para a localização, pois se você tem um negócio local, de nada adianta fazer propaganda em locais distantes da sua loja ou comércio. Mas para lojas virtuais, por exemplo, ou negócios pela internet, é interessante abranger as grandes cidades do Brasil, ou o território nacional.

Passo 7: Idade do público-alvo

A idade é outro fator importante no seu público. Atente para qual a idade mais comum entre seus clientes e insira esta informação no seu público. Por exemplo, se você tem uma loja de moda adolescente, dificilmente vai vender para pessoas acima dos 30 anos, então, é bom colocar a faixa etária correta.

Passo 8: Gênero do público-alvo

O gênero feminino ou masculino também pode fazer toda a diferença, especialmente se você vende um produto ou serviço que recebe clientes de um determinado sexo.

Para saber mais sobre o seu próprio público, você pode acessar essa informação diretamente na sua página. Ao entrar na sua página, clique em "Informações", na barra superior, e em "Pessoas" no menu da lateral esquerda. Lá você confere se são mais mulheres ou homens, a idade e a localização deles.

Informações dos curtidores da FanpageInformações dos curtidores da Fanpage

Nas conexões, você terá que avaliar se quer apenas atingir um público específico, como amigos dos seus curtidores, seus próprios curtidores, ou quem ainda não curtiu sua página. Se você quer alcance, não recomendamos usar esse filtro, mas se você quer atingir um público específico, então vá em frente. Se você quer usar mais de um desses tipos de públicos, poderá fazer isso clicando na opção "combinações avançadas".

Passo 9: Posicionamentos dos anúncios

Aqui está um grande segredo. É preciso ter cuidado para posicionar seus anúncios em locais que valham a pena. E tem locais que não vale, dependendo do negócio. Edite anúncios. Recomendamos deixar a opção "Todos os dispositivos", mas em caso de você estar divulgando um aplicativo, vale a pena usar a opção "apenas em dispositivos móveis".

Edite os posicionamentos dos seus anúnciosEdite os posicionamentos dos seus anúncios

Passo 10: Plataformas

Agora, você vai selecionar aonde seus anúncios vão aparecer no Facebook. As opções mais rentáveis normalmente são o Facebook Feeds, Instagram Feeds e Histórias.

Já quanto aos Dispositivos móveis e sistemas operacionais específicos, normalmente vale a pena anunciar em Todos os dispositivos móveis. Porém, se você está anunciado um app para Android, por exemplo, vale a pena selecionar "Apenas dispositivos Android", e marcar a caixa para a propaganda aparecer apenas para quem está conectado com Wi-Fi, afinal, dificilmente as pessoas baixam apps com internet móvel. 

Plataformas de anúncios do Facebook Ads.Plataformas de anúncios do Facebook Ads.

Passo 11: Orçamento e Programação

Outro grande segredo para impulsionar gastando bem no Facebook, é definir o horário de seus impulsionamentos. Não impulsione o tempo todo, pois durante a madrugada, você estará colocando seu dinheiro fora. 

A nossa dica é para você renovar o anúncio diariamente. Especifique o horário em que seu anúncio deve ser veiculado. Se você quer gastar R$ 120 em uma semana, por exemplo, confira quais os dias e horários em que há mais tráfego (veja como fazer isso logo abaixo), e divida o valor que você tem para os dias em que vai publicar. 

Vamos supor que você chegue a conclusão que é melhor postar de terça a domingo, das 12h às 22h. Então, você divide os R$ 120 nesses 6 dias, que dará o valor de R$ 20 reais por dia. Sendo assim, faça um anuncio que fique no ar das 12h às 22h. As 22h ele automaticamente ficará inativo. No outro dia, entre no Gerenciador de anúncios e reative ele. Não precisa fazer tudo de novo, basta reativar o anúncio inativo (colocando até o horário estabelecido, como 22h no exemplo), e ele fica do mesmo jeito que estava no dia anterior.

Como criar?

Escolha a opção "Orçamento Vitalício", insira o valor diário que deseja gastar e defina o horário em que a publicação deverá ser veiculada (selecione início e fim no mesmo dia). Por exemplo: Início às 12h de 21 de Junho de 2018 e fim às 22h de 21 de Junho de 2018.

Defina também qual é o objetivo, se é receber mais cliques, visualização da página de destino ou impressões, que são a quantidades de pessoas que verão o anúncio. Depois disso, selecione se você quer que as cobranças sejam feitas por impressão (visualização) ou por Clique no link (CPC).

Orçamento dos anúncios no Facebook AdsOrçamento dos anúncios no Facebook Ads

 

Como saber qual o melhor horário para impulsionar?

Pesquisas mostram que o melhor horário para postar no Facebook é das 7h às 9h da manhã e entre 12h e 22h. O horário de pico é às 15h, e quarta-feira é o melhor dia da semana. Mas sexta-feira após o horário comercial, e finais de semana após o meio dia, até as 22h, são bons também.

Porém, essas estatísticas são bem amplas, e o seu público pode ser diferente. Para saber mais sobre o seu próprio público, você pode acessar essa informação diretamente na sua página. Ao entrar na sua página, clique em "Informações", na barra superior, e em "Publicações" no menu da lateral esquerda. Lá você encontra a informação sobre quais os dias da semana e horários que sua página tem um tráfego maior.

Melhores dias e horários para postar no Facebook.Melhores dias e horários para postar no Facebook.

Passo 12: Selecionando a publicação

Você pode impulsionar uma publicação já existente ou criar uma nova agora (essa é a melhor opção caso você vá impulsionar uma imagem). Para criar uma nova postagem, clique em "Adicionar + imagens (você pode selecionar até 6 imagens para a mesma publicação)"

Imagem com 20% de texto

O Facebook é muito rigoroso quanto à quantidade de texto que há na imagem a ser impulsionada. Tem que ser exatamente 20%, e isso existe porque, imagens com 20% de texto (exatamente isso) são as que tem um maior alcance. 

Mas, como saber qual a quantidade exata de texto? Bom, a própria rede social criou uma ferramenta para você carregar a imagem e verificar se ela está no padrão. Para acessa-la, clique no link abaixo: 

Ferramenta de Texto Facebook

Para usar a ferramenta, basta clicar em enviar, selecionar a imagem que deseja testar e carregar.

A política de 20% de texto não inclui imagens de produtos que incluam texto no produto real, como capas de livros, capas de álbuns e cartazes de filmes, texto inserido em imagens de jogos e aplicativos e desenhos animados em que o texto seja parte do desenho. Dentre os textos incluídos nos 20% de texto estão os logotipos e slogans, imagens com sobreposições, como marca d’água e imagens que tenham sido visivelmente editadas para incluir texto no produto como uma tentativa de ignorar a política. Não tente burlar, pois dificilmente você terá sucesso.

Você pode conferir isso e muito mais nas políticas de anúncios do Facebook.

E então, gostou das dicas? Esperamos ter ajudado você. 

COMPARTILHE
Comentários