Pesquisadores do MIT desenvolvem IA que identifica assintomático de COVID-19

Pesquisadores do MIT divulgam pesquisa mostrando uma tecnologia que se utiliza da IA (inteligência artificial) para identificar assintomáticos de COVID-19.

Imagem ilustrativa. Fonte: MIT
Imagem ilustrativa. Fonte: MIT

Normalmente, pessoas assintomáticas que foram infectadas com COVID-19 normalmente não tem sintomas físicos da doença. Nestes casos, a melhor alternativa atualmente é fazer um teste para evitar para saber se possui ou não a enfermidade e tentar barrar a disseminação do vírus. Entretanto, isso está prestes a mudar, pois pesquisadores do MIT descobriram que esta população assintomática não está completamente livre de sinais que podem levar a descobrir a infecção pelo vírus.

Confira abaixo a publicação sobre a pesquisa feita pelo perfil oficial do MIT no Twitter:

No final de outubro deste ano, foi publicado no blog do MIT (Massachusetts Institute of Technology) sobre uma pesquisa feita por cientistas do instituto onde foi descrita uma forma de descobrir distinguir quem está saudável (que não está infectado com COVID-19) por meio da tosse. Esta distinção através do som da tosse dos indivíduos só é possível graças a uma tecnologia que se utiliza de inteligência artificial (IA) para realizar a análise.

No artigo publicado na revista IEEE Journal of Engineering in Medicine and Biology, a equipe de pesquisadores do MIT diz que a IA desenvolvida para o estudo é capaz de distinguir pessoas assintomáticas de indivíduos saudáveis através da gravação da tosse forçada das pessoas. Para realizar a pesquisa, os cientistas coletaram o áudio de voluntários através de uma plataforma web (em navegadores de computador) e apps (em smartphones).

Para conseguir fazer com que a IA tivesse uma boa eficiência em sua análise, os pesquisadores treinaram a IA com milhares de amostras de tosse, além de falas de cada indivíduo. Após o treinamento, a IA foi capaz de conseguir identificar como positivo para COVID-19 em 98,5% dos casos, em que foi obtido 100% das tosses de pessoas assintomáticas (aqueles que relataram não ter sintomas, mas tiveram resultado positivo no exame para a detecção do vírus).

Como está o andamento da pesquisa

Atualmente a equipe de pesquisadores do MIT está trabalhando para incorporar a tecnologia em um aplicativo com interface amigável. Caso o app seja aprovado pela FDA e adotado em grande escala pela população, poderá ser uma grande ferramenta de pré-triagem gratuita, fácil e não invasiva para identificar possíveis indivíduos com COVID-19.

O que achou da pesquisa? Comente abaixo e compartilhe conosco a sua opinião!

5 celulares para NÃO COMPRAR em 2021

Conteúdo relacionado

Brasil cria rede nacional de inovação em IA (inteligência artificial)
Tecnologia

Brasil cria rede nacional de inovação em IA (inteligência artificial)

Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII) criam rede nacional de inovação em inteligência artificial (IA). Confira!

Inteligência artificial identifica câncer de próstata com alta precisão
Ciência

Inteligência artificial identifica câncer de próstata com alta precisão

Nesta semana foi publicado um estúdio na revista The Lancet Digital Health onde foi utilizado inteligência artificial para a detecção de câncer de próstata.

[Inteligência Artificial] Os avanços na deep learning estão aumentando a visão computacional
Tecnologia

[Inteligência Artificial] Os avanços na deep learning estão aumentando a visão computacional

Saiba os avanços que ocorreram nos últimos anos dentro da inteligência artificial (IA) e em que eles podem mudar o seu dia a dia.