Nasa captura imagem da morte de uma estrela parecida com o Sol

Nasa captura imagem de nebulosa planetária, que é o estágio final de uma estrela semelhante ao Sol, e que no final de sua vida se tornará uma estrela gigante vermelha.

Por Ciência Pular para comentários
Nasa captura imagem da morte de uma estrela parecida com o Sol

A NASA publicou na última sexta-feira (30) a imagem registrando a nebulosa planetária NGC 5307, na constelação Centaurus, a uma distância de aproximadamente 10.000 anos-luz da Terra. A imagem foi capturada pelo telescópio espacial Hubble.

NGC 5307

Imagem: ESA / Hubble e NASA, R. Wade et al.

Podemos ver o futuro através de uma nebulosa planetária

Uma nebulosa planetária é o estágio final de uma estrela semelhante ao Sol, e nos permitem vislumbrar o futuro de nosso próprio sistema solar. Uma estrela como o nosso Sol, no final de sua vida, se transformará em um gigante ponto vermelho.

As estrelas são sustentadas pela fusão nuclear que ocorre em seu núcleo, o que cria energia. Os processos de fusão nuclear constantemente tentam separar a estrela. Somente a gravidade da estrela impede que isso aconteça.

No final da fase, essas forças se desequilibram. Sem energia suficiente criada pela fusão, o núcleo da estrela entra em colapso, enquanto as camadas da superfície são expelidas para fora. A imagem recém-publicada mostra o que resta da estrela: brilhantes camadas externas em torno de uma estrela anã branca, os restos do núcleo da estrela gigante vermelha.

No entanto, este não é o fim da evolução desta estrela, dizem os cientistas. Essas camadas exteriores ainda estão se movendo e esfriando, e ainda devem demorar alguns milhares de anos para se dissipar, deixando apenas uma anã branca levemente brilhante.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Carregar comentários