Asteroide do tamanho de um campo de futebol passou próximo a Terra

Um asteroide passou bem perto da Terra no último domingo, sendo identificado apenas um dia antes pela Nasa.

Por | @fsbeling Ciência

Uma rocha espacial do tamanho de um campo de futebol americano acabou passando próximo a Terra no último domingo (15), sem que a NASA o identificasse dias antes, o fenômeno não havia acontecido mais desde 1930. O asteroide acabou sendo identificado apenas um dia antes de se aproximar do nosso planeta, o qual os cientistas estão chamando de “voo surpresa”.

Catalina Sky Survey foi quem descobriu o asteroide chamado 2018 GE3, no sábado, dia 14 de abril, sendo que algumas horas depois o fenômeno acabou sendo registrado também pelo astrônomo amador, Michael Jager, de Weißenkirchen, na Áustria, em uma de suas gravações constatou a presença da rocha que estava planando na constelação sul de Serpens.

O asteroide estava a aproximadamente 192 mil quilômetros de distância, segundo o Centro de Estudos de Objetos da Terra (CNEOS em inglês) da NASA. A distância representa exatamente a metade da distância entre a Lua e a Terra. A Associação ainda estima que a rocha chegue a medir entre 39 e 99 metros de diâmetro.

Mesmo com todo esse tamanho, o asteroide ainda é seis vezes menor que o meteoro que explodiu sobre os Montes Urais da Rússia em Chelyabinsk, no início de 2013. Este por sua vez pesava cerca de 10 toneladas e tinha aproximadamente 14 metros de largura.

Porém, o meteoro na época acabou ferindo 1.100 pessoas de acordo com a Academia Russa de Ciências. Isso porque o fenômeno adentrou na atmosfera terrestre a uma velocidade hipersônica de pelo menos 53 mil quilômetros por hora e acabou se quebrando com o choque, virando pedaços de 28 a 51 quilômetros.

Asteroide do tamanho de um campo de futebol americano passa perto da TerraAsteroide do tamanho de um campo de futebol americano passa perto da Terra

Leia também:

O asteroide que passou bem próximo neste mês, viajava a uma velocidade de 66 mil quilômetros por hora, e segundo a organização EarthSky, o mesmo deveria ter se quebrado assim que entrou na atmosfera da Terra, ao entrar em atrito com o ar. Contudo, a entidade ainda informou que rochas deste tamanho podem sim chegar a superfície terrestre e causar danos.

A NASA permanece rastreando o que acontece no espaço e já identificou mais três pequenas rochas espaciais que devem se aproximar da Terra nos próximos dias, uma inclusive no dia em que essa notícia é escrita, e mais duas, sendo que a maior delas deve chegar a medir 33 metros de largura.

DEIXE SEU COMENTÁRIOComente aqui
MAIS SOBRE asteroide NASA rocha Terra
RecomendadoEnquete
Qual navegador você usa?
Chrome(62,54%)
Edge(14,75%)
Firefox(9,73%)
Opera(7,37%)
Safari(5,60%)
Assine a nossa newsletter

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Comentários
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar