Oficina da Net Logo

Como se inscrever no Sisu 2019 pelo site do Inep?

Nesta terça-feira, o Sistema de Seleção Unificada abre inscrições para mais de 230 mil vagas em instituições de ensino públicas. Veja como se inscrever no Sisu 2019 pelo site do Inep.

Por | @oficinadanet Brasil Pular para comentários

Para os milhares de jovens que fizeram o último Exame Nacional do Ensino Médio, nada é fácil. A prova, que exige muito conhecimento, raciocínio lógico e concentração, no último ano foi realizada em dois domingos diferentes. Além da dificuldade da prova em si, não é fácil entender como se inscrever no Sisu 2019.

Para ajudar os estudantes interessados em usar a nota do Enem para entrar na universidade pública, elaboramos um tutorial, e uma boa explicação sobre alguns detalhes importantes, como o sistema de cotas e como funciona o programa em si. 

Como funciona o Sisu?

O Sistema de Seleção Unificada foi criado para ser uma alternativa aos tradicionais vestibulares das Universidades e Institutos públicos, e utiliza a nota do Enem como critério de seleção. Ou seja, para concorrer a uma vaga em uma instituição pública de ensino superior, você precisa ter prestado Enem do último ano, além de ter obtido nota superior a 450 pontos e não ter zerado a redação.

Neste programa, podem participar candidatos que estudatam em escola pública ou particular. E não há critérios de renda, exceto para os que se candidatarem à cotas dessa modalidade. Caso você tenha declarado ser oriundo de família de baixa renda, terá que comprovar com documentos seus e de seus familiares e pessoas que moram com você. 

São oferecidas vagas para estudar em diversas modalidades, e em muitas instituições de ensino. As universidades poderão adoção de pesos diferentes para cada área do Enem, e também a definição das notas de corte.

São abertas vagas em dois momentos do ano, sendo a primeira para o ingresso no primeiro semestre (primeira chamada), e outra seleção para o segundo semestre (segunda chamada). 

Modalidades de cursos 

As vagas ofertadas pelo Sisu podem ser nas modalidades de bacharelado (formação generalista), licenciatura (atuação como professor) e tecnólogo.

Cotas do Sisu

Todas as instituições de ensino superior que abrem vagas no Sisu reservam vagas para estudantes que cursaram todo o ensino médio em escola pública ou em escola particular com bolsa integral. Algumas instituições também disponibilizam vagas para políticas afirmativas por conta própria.

Veja as opções de cotas

1. Vagas para  ampla concorrência: São abertas para qualquer pessoa que tenha feito o Enem e concluído o ensino médio.
2. Vagas para políticas de ação afirmativa: As políticas de ação afirmativa não são obrigatórias como as cotas. Logo, nem todas as universidades têm.
3. Lei de Cotas: Pela Lei de Cotas (12711/2012), todas as instituições participantes do Sisu devem reservar metade de suas vagas para as cotas raciais e/ou sociais.

As cotas sociais reservam metade das vagas disponíveis para studantes com renda familiar bruta mensalde até um salário mínimo e meio por pessoa.

Dentro dessas vagas, um percentual é reservado a estudantes autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, e são conhecidas como cotas raciais. Esse percentual é definido de acordo com a proporção de pretos, pardos ou indígenas na unidade da Federação onde a instituição de ensino está localizada.

Ainda dentro dessas cotas que são a metade das vagas totais, um percentual é destinado às estudantes portadores de deficiência, também de acordo com a proporção de portadores de deficiência do estado.

Como usar as cotas?

Para concorrer à vagas destinadas para as cotas sociais, raciais ou para deficientes, basta selecionar a modalidade em que você se encaixa na hora da inscrição.

Lembrando que o candidato deverá comprovar a condição de cotista para a universidade, no momento da matrícula. A não comprovação acarretará na perda da vaga na universidade.

  • Para participar pelos critérios de raça ou cor, basta a autodeclaração.
  • Para comprovar renda, é necessário apresentar a Folha Resumo do Cadastro Único, obtida no Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) das Prefeituras Municipais. Ou a declaração da composição e renda bruta familiar.
  • Para comprovar que fez o ensino médio em escola pública: você deverá apresentar o histórico escolar ou a Declaração de Conclusão do Ensino Médio, emitida pela escola que frequentou.

Calendário do Sisu 2019 

Embora o resultado do Enem 2018 já tenha sido divulgado na última nesta sexta-feira (18), as inscrições do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começam na terça-feira (22), e vão até a sexta-feira (25).

Ainda não há data confirmada para as inscrições da segunda chamada, mas apenas para fins de informação, no ano passado as inscrições para a segunda chamada ocorreu entre os dias 12 e 15 de junho.

Quanto à lista de espera, houveram algumas mudanças nesta edição. Até o ano passo, era possível selecionar duas opções de curso, e desistir da segunda opção para ficar na lista de espera da primeira. A partir deste ano, haverá uma chamada regular para cada uma das opções de curso. Caso o aluno seja chamado para esta lista, ele não poderá ficar na lista de espera da outra opção.

Na lista de espera da segunda opção apenas ficarão os candidatos que que não foram contemplados na chamada regular. Sendo assim, será possível ficar na lista de espera de apenas em um dos dois cursos marcados.

Outra novidade (que não é nada boa), é que três instituições de ensino superior públicas não fazem mais parte do programa do governo. São elas a Universidade Federal do Pará (UFPA), o Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) e o Instituto Federal de Rondônia (IFRO).

Segundo o Ministério da Educação (MEC) , serão oferecidas em 2019 235.476 vagas em 29 instituições públicas estaduais e 100 federais, incluindo centros de educação tecnológica. 

Mesmo com a saída das três instituições de ensino públicas, o Sisu está crescendo a cada ano. Em 2009 foram ofertadas pelo programa mais de 47 mil vagas no primeiro semestre. Em 2014 foram171 mil, e neste ano, mais de 235 mil vagas.

No ano passado, 1.824.727 estudantes se candidataram às vagas do Sisu. Levando em conta que cada estudante pode concorrer em duas opções de curso, o total de inscrições foi de 3.534.810. A expectativa é que neste ano esse número seja maior.

Como se inscrever no Sisu 2019 pelo site do INEP? 

Passo 1. Você vai precisar do seu número de inscrição do Enem 2018 e sua senha. Para saber o número de inscrição, basta acessar o site http://enem.inep.gov.br/participante/#/loginParticipante, fazer seu login e conferir o seu número de inscrição.

Caso você tenha esquecido sua senha do Enem 2018, basta clicar em “Esqueci minha senha” e seguir os passos do sistema.

Esqueci minha senhaEsqueci minha senha

Passo 2. Após ter o número de inscrição e senha, acesse o site http://sisualuno.mec.gov.br/ e clique em “Fazer Inscrição“;

Fazer InscriçãoFazer Inscrição

Passo 3. Faça login, não esquecendo de inserir os caracteres de confirmação. Após, clique em “Entrar no Sisu“;

Entrar no SisuEntrar no Sisu

Passo 4. Agora você poderá escolher os cursos nos quais concorrerá a uma vaga de estudo. Logo que abre a página, você poderá selecionar a 1ª e 2ª opção de cursos. Clique em “Fazer inscrição na 1ª opção”;

Fazer inscrição na 1ª opçãoFazer inscrição na 1ª opção

Passo 5. São 4 formas de filtrar os cursos. Escolha a opção que achar melhor e filtre as vagas disponíveis.

  • Digitando o nome do curso, Universidade ou Cidade,
  • Nome do Curso,
  • Nome da Instituição de ensino,
  • Nome da Cidade.

Pesquisar vagas no SisuPesquisar vagas no Sisu

Passo 6. Escolha um curso para se candidatar em primeira opção; 

Escolha o cursoEscolha o curso

Passo 7. Um pop-up será aberto e nele estarão as notas mínimas para o curso escolhido. Caso você tenha atingido essa nota, prossiga sua candidatura. Se você não atingiu a nota mínima, tente procurar outros cursos com notas menores, para ter chances de ser selecionado.

 Notas mínimas do curso escolhido

Passo 8. Escolha a opção de cotas que você pode utilizar e clique em “Escolher esta modalidade“;

Escolher esta modalidadeEscolher esta modalidade

Passo 9. Agora, você deverá confirmar que está ciente da documentação para o tipo de vaga selecionada, especialmente se você concorre por cotas. Marque a opção “Estou ciente de toda a documentação exigida para a matrícula, assim como as informações contidas acima” e clique em “Confirmar minha inscrição nesta opção“;

Ciência de documentaçãoCiência de documentação

Passo 10. Após clicar, você verá uma mensagem informando que sua inscrição na primeira opção foi realizada com sucesso.

Confirmação da candidaturaConfirmação da candidatura

Feche a caixa de diálogo e repita o processo para se inscrever na segunda opção de curso; 

Lembrando que você precisará escolher uma vaga diferente da primeira opção. Para começar, clique em “2ª opção de curso“.

Esperamos ter ajudado você a sanar suas dúvidas acerca do simulador do Sisu 2019 com este tutorial. Caso tenham ficado dúvidas, não hesite em esclarecer na nossa sessão de comentários, logo abaixo deste artigo. 

Assista ao nosso último vídeo: