Oficina da Net Logo

Bitcoin registra a maior queda do ano

De acordo com o gráfico, não somente o Bitcoin registrou queda da terça-feira. As dez principais criptomoedas viram os seus valores caírem.

Por | @oficinadanet Bitcoin Pular para comentários

Na terça-feira (14), o Bitcoin registrou a maior queda em 2018. Logo no início do dia a criptomoeda chegou ao valor de US$ 5.971, sendo assim, ficou somente 2% acima do seu menor valor no ano, ou seja, US$ 5.785, em 24 de junho. 

Após, a moeda conseguiu uma pequena recuperação e chegou a casa dos US$ 6.152. De qualquer forma, um valor preocupante para quem investe na criptomoeda. Abaixo é possível conferir a variação do valor da moeda a partir do gráfico do site Athcoinindex. Esta foi a primeira vez no ano que o valor das criptomoedas caiu abaixo dos US$ 200 bilhões.

Bitcoin registra a maior queda do ano.Bitcoin registra a maior queda do ano.

Leia também: Leia em destaque: O que é Bitcoin? Leia tudo o que você precisa saber.

De acordo com o gráfico, não somente o Bitcoin registrou queda da terça-feira. As dez principais criptomoedas viram os seus valores caírem.

A Ripple (XPR), por exemplo, caiu 93,08% desde o dia 4 de janeiro, quando foi cotada a US$ 3,84. O Ethereum (ETH) caiu 81,33% desde o dia 13 de janeiro, quando chegou a US$ 1.432 por unidade. O Bitcoin (BTC), aparece com uma queda de quase 70% desde 17 de dezembro, quando foi negociado acima dos US$ 20.000.

Uma das razões para isso pode estar ligada ao adiamento pela Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) da decisão sobre ETF de Bitcoin. O novo prazo foi agendado para o dia 30 de setembro.

Deste modo, caso seja aprovado, o ETF seria responsável por trazer mais dinheiro ao Bitcoin. Isso pode deve acarretar em um aumento significativo no valor da moeda digital.

Mesmo assim, ainda há controvérsias sobre as criptomoedas. Alguns especialistas de mercado não acreditam em uma durabilidade desse tipo de moeda. Segundo um economista, o Bitcoin, por exemplo, irá deixar de ser rentável devido ao seu elevado valor de energia.

MAIS SOBRE: #Bitcoin  #criptomoeda  #valor  #bolha
Comentários
Carregar comentários