Oficina da Net Logo

Pessoas estão vendendo suas casas para comprar Bitcoin

Será que esse é o melhor negócio?

Por | @Evilmaax Bitcoin Pular para comentários

Neste momento 1 Bitcoin está valendo quase 17 mil dólares, ou, quase 60 mil reais, tendo valorizado mais de 1000% no acumulado do ano, desde 01 de janeiro de 2017. E por conta desses números atraentes (e o inevitável hype da mídia) cada vez mais pessoas estão se envolvendo com a criptomoeda.

O problema é que, se você não começou neste negócio quando a ela estava avaliada em alguns poucos dólares por unidade, caso queira entrar na onda do BTC, agora, precisará de algumas dezenas de milhares de reais para começar a negociar com o dinheiro virtual.

Frente este cenário de hiper-volatilidade os especialistas dizem que o melhor por enquanto é aguardar a próxima queda (recorrentes, onde o valor costuma cair cerca de 10% ~ 20% para então voltar a subir) para então comprar Bitcoins, caso essa seja mesmo a sua vontade. Porém, algumas pessoas não estão nem aí para os conselhos e estão investindo pesado na novidade.

Pessoas estão vendendo suas casas para comprar Bitcoin Leia em destaque: O que é Bitcoin? Leia tudo o que você precisa saber.

Segundo o regulador de valores mobiliários, Joseph Borg, em entrevista ao canal de televisão americano CNBC, um monte de investidores de primeira viagem está raspando a poupança, vendendo carros, jóias e até mesmo as suas hipotecas para comprar bitcoin, ou seja, as pessoas estão dando suas casas como garantia para investir na moeda virtual, que até hoje manteve-se firme, é verdade, mas pode desabar a qualquer momento.

E se você, afoito investidor, está se perguntando "Quem esse cara pensa que é para vir me dar conselhos?" eu respondo, ele é o presidente da North American Securities Administrators Association (Assoociação norte-americana de administradores de seguros), ou seja, ele sabe uma ou duas coisas sobre o assunto.

Borg disse que o Bitcoin está na fase de "mania", referindo-se ao frenesi em torno da moeda e aos aumentos meteóricos pelos quais ela tem passado da noite para o dia. E, mesmo que Wall Street tenha oficializado as primeiras negociações com a moeda virtual ao liberar a troca de  futuros, no último domingo, isso não significa que, agora, investir em BTC seja algo 100% seguro e imune às bolhas econômicas que possam surgir.

"Nós estamos olhando para isso de um ponto de vista de troca de dinheiro, mas isso não abrange todo o universo bitcoin", explicou Borg. Ele acrescentou dizendo ainda que a moeda não está regulamentada e que, embora a tecnologia Blockchain (que sustenta o Bitcoin) esteja aqui para ficar - juntamente com as moedas virtuais (seja ela qual for) - não sabemos se o Bitcoin vai ser forte o suficiente para sobreviver a todos os interesses especulativos que o rodeiam, isso não pode ser previsto.

P.S. Levei 29 minutos para escrever esse texto. Nesses 29 minutos o Bitcoin valorizou 74 dólares...

MAIS SOBRE: #bitcoin  #moedas
Comentários
  • PARTICIPE DA NEWSLETTER

    As novidades de tech no seu
    e-mail, inscreva-se grátis ;)