Bitcoin atinge a marca de US$ 10 mil pela primeira vez

O valor da criptomoeda sobe na medida em que ela recebe mais atenção popular.

Por | @oficinadanet Bitcoin

A bitcoin chegou a marca de 10 mil dólares na madrugada da quarta-feira, de acordo com registros da CoinDesk, isso significa uma alta de mais de 900% no ano. O valor da criptomoeda sobe na medida em que ela recebe mais atenção popular, isso tudo mesmo com os alertas de bolha e ainda muita descrença por investidores.

"O crescimento meteórico levou o valor de mercado de todas as criptomoedas combinadas a uma nova alta", publicou o CoinDesk. "A capitalização de mercado da bitcoin agora está próxima dos US$ 170 bilhões."

Bitcoin atinge a marca de US$ 10 mil pela primeira vez.Bitcoin atinge a marca de US$ 10 mil pela primeira vez.

Leia também:

Com o recorde registrado, o valor de mercado total da moeda ultrapassou os 168 bilhões de dólares. O valor registrado é superior ao de companhias tradicionais como McDonald’s, Disney e General Eletric, por exemplo.

O CME Group, uma das maiores bolsas de ações do mundo, na última semana, detalhou os planos para o início das vendas de contratos futuros de bitcoins, previsto para 11 de dezembro.

Além disso, na semana passada, a gestora francesa de ativos Tobam anunciou a criação do primeiro fundo de investimentos atrelado a bitcoins. A gestora, em comunicado disse que, mesmo que a bitcoins esteja propensa a riscos, incluindo um nível de volatilidade muito alto, ela também é “um ativo altamente diverso”.

Alguns executivos, no entanto, enxergam a moeda com ceticismo. “Se tivéssemos um trader que negociou bitcoins, eu o demitiria. Isso é contra as nossas regras e é estúpido”, disse o diretor executivo do JP Morgan, James Dimon, ao ser questionado sobre o interesse em negociar bicoins. Ele considera a moeda virtual “uma fraude”.

Mais sobre: bitcoin recorde bancos
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Destaquesver tudo