Brasil registra aumento de 6,32% na banda larga fixa

As Prestadoras de pequeno Porte (PPPs), que contam com até 5% do mercado, somaram 7.655.037 contratos ativos, com representatividade de 24,44% do mercado.

Por Banda Larga no Brasil Pular para comentários
Brasil registra aumento de 6,32% na banda larga fixa

O serviço de banda larga fixa, descrito pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) como Serviço de Comunicação Multimídia (SCM), registrou 31.312.686 contratos ativos em fevereiro de 2019, que corresponde a um crescimento de 6,32% em um ano.

As Prestadoras de pequeno Porte (PPPs), que contam com até 5% do mercado, somaram 7.655.037 contratos ativos, com representatividade de 24,44% do mercado.

Em relação às grandes prestadoras da banda larga fixa, a Claro foi a que mais registrou participação de mercado, a empresa somou 30,03% do mercado (9.401.954 clientes), a Vivo ficou na segunda posição, com 24,06% ((7.532.822 clientes). Já, a Oi teve 18,78% (5.879.897 clientes). 

Brasil registra aumento de 6,32% na banda larga fixa.Brasil registra aumento de 6,32% na banda larga fixa.

Levando em conta a comparação com fevereiro de 2018, a Tim e Claro registraram um aumento de 17,84% (mais 75.408 contratos) e 4,4% (mais 396.469 assinantes), respectivamente. Em contrapartida, a Oi e a Vivo tiveram redução de 5,97% (menos 373.398 contratos) e 0,33% (-24.797 contratos) respectivamente.

Todos os Estados tiveram aumento no número de contratos do serviço, com exceção de Roraima e Maranhão que registraram diminuição de 217 e 13.981 acessos.  Os Estados que mais tiveram destaque no número de contratos do serviço foram o Amazonas, Bahia, Ceará e Minas Gerais, todos eles com aumento acima de 10% em 12 meses

Fonte: Anatel 

Compartilhe com seus amigos:
Rafaela Pozzebom
Rafaela Pozzebom Graduada em Letras pela UFSM e especialista em Tecnologias da Informação e da Comunicação aplicadas à educação
FACEBOOK //
Quer conversar com o(a) Rafaela, comente:
Carregar comentários
Últimas notícias de Banda Larga no Brasil
  • Comissão aprova projeto PL 7182/17 que proíbe limitação dos planos de internet

    Comissão aprova projeto PL 7182/17 que proíbe limitação dos planos de internet

    O relator da proposta aprovada pela Comissão de Defesa do Consumidor, deputado Rodrigo Martins (PSB-PI), diz que o principal objetivo é barrar mudanças futuras. Enquanto que Rafael Zanatta, do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor, afirma que de fato as empresas não tiveram êxito em demonstrar a real necessidade da mudança proposta.