Novo ransomware pode exibir histórico do navegador

Novo ransomware pode deixar histórico de navegação visível para amigos. Fique atento para não ser a próxima vítima!

Por | @oficinadanet Ataque Ransomware

A McAfee descobriu recentemente um novo ransomware que está circulando pela Google Play Store. Identificado como LeakerLocker o malware tem como objetivo expor o histórico das vítimas através de navegadores para Android como o Chrome, Opera, entre outros.

Ele se difere dos demais ransomwares porque no lugar de criptografar arquivos do usuário e solicitar a liberação do conteúdo após pagamento de algum valor, o vírus faz um backup de todos os dados armazenados no aparelho, e ameaça a vítima através da exposição de todos eles.

Para não ter o histórico de navegação vazado para todos os amigos, a pessoa precisa desembolsar o valor de US$ 50 (cerca de 160 reais).

O ransomware foi encontrado em dois aplicativos da loja virtual do Android: o "Walpapers Blur HD" (entre 5.000 a 10 mil downloads) e o "Booster & Cleaner Pro" (entre 1.000 a 5.000 downloads). Isso significa que várias pessoas podem ter sido infectadas com o malware.

A McAfee esclarece que o malware é capaz de acessar endereços de e-mail, bem como algumas informações de contato, histórico de navegação, mensagens de texto, fotos, entre outras. Assim sendo, é necessário que o usuário faça uma varredura com o seu antivírus e desinstale imediatamente tais programas.

Mais sobre: ransonware android chrome
Share Tweet
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo