Planejamento faz a diferença?

Sempre e nunca! Vocês devem estar estranhando essa minha afirmação logo no começo do texto, mas ela responde o questionamento feito no título e vou explicar o porquê.

Por | @plannerfelipe Marketing Digital

Sempre e nunca! Vocês devem estar estranhando essa minha afirmação logo no começo do texto, mas ela responde o questionamento feito no título e vou explicar o porquê. O planejamento faz a diferença dentro do processo, claro, somos responsáveis pela estratégia, posicionamento, entendimento de mercado, consumidor e públicos, porém isso realmente aparece no resultado final? Quando você, leitor (a), olha um comercial na TV, durante os 30 segundos que está sendo impactado (a) pela mensagem, você fica analisando “esse comercial é focado para a classe C, homens 30/40 anos...” se nem publicitário pensa isso, o que dirá o consumidor final!

Planejamento faz a diferença?

Mas onde entra o nosso papel de fazer a diferença, mesmo que imperceptível? Na forma como a mensagem está sendo transmitida, no apelo emocional, na forma de apresentar o produto, enfim, na forma como o consumidor será impactado por aquela mensagem que faça com que ele sinta vontade de ir ao ponto de venda para ao menos ver do que se trata.

Digo isso pois tenho visto muito do planejamento ser olhado pelo cliente como gasto. O que as pessoas olham é a criação, claro, essa é a resposta final de um brief passado pelo cliente mas comunicação não é só isso! Costumo dizer em aulas e palestras, que para chegar no resultado final, a campanha passa por um longo período onde muita gente “passa a mão” até ela ser finalizada. A criação é o que aparece, mas não é a única parte, e nem a mais importante, do processo.

A parte mais importante do processo é quando a agência faz um bom trabalho. E digo agência querendo dizer quando o atendimento faz a sua parte, o planejamento o dele, a mídia, criação, Redes Sociais, produção, RTV e quem mais estiver envolvido. Agências fazem campanhas e não o criativo A ou B, mesmo que o anunciante ou consumidor não perceba.

Outro fator onde nós, planners, podemos fazer a diferença é quando fazemos o papel de unir as equipes em prol do bom, aliás excelente, trabalho. A “big idea” não vem de uma pessoa, vem de um processo de idéias, análises, pesquisas, entendimentos que resultam nessa “big idea” que todos querem e podem ter.

Somos, planners, como produtores de TV. Quando o Faustão aparece na TV chamando o Seal para cantar ao vivo, o público gosta, aumenta a audiência. O Faustão fez o seu papel de chamar o cantor, mas a produção do programa fez o papel pesado de encontrar o cantor, conversar com ele, preparar a sua chegada, combinar tudo e entregar ao apresentador o “pacote pronto”.

Planejamento não entrega esse pacote, mas ajuda – e muito – a criação fazer um trabalho melhor, a mídia comprar os melhores canais de acordo com o público, o pessoal de mídias sociais focar o conteúdo com aderência a marca e públicos e claro o atendimento a apresentar uma solução estratégica e criativa.

Em resumo, planners fazem a diferença? Sim e não!

 

Mais sobre: webmakerting, planejamento, planning
Share Tweet
DESTAQUESMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.