Ferramentas de Business Intelligence - Parte 1

Daremos início ao estudo das principais ferramentas que podemos aplicar os conceitos de BI. As primeiras ferramentas de BI começaram a “pipocar” no início dos anos 70 e tinham como característica o uso intenso da programação linear, o que elevava os custos de análise e desenvolvimento.

Por | @oficinadanet Negócios
As primeiras ferramentas de BI começaram a “pipocar” no início dos anos 70 e tinham como característica o uso intenso da programação linear, o que elevava os custos de análise e desenvolvimento.

Com o passar do tempo e o conseqüente surgimento dos bancos de dados relacionais, dos computadores pessoais, das interfaces gráficas, e da consolidação do modelo cliente-servidor, os desenvolvedores de soluções começaram a colocar no mercado produtos direcionados para os analistas de decisão, bem mais “amigáveis”.

Hoje, o conjunto de soluções para BI multiplicou-se ! A diversidade de produtos é muito grande e continua em constante evolução e crescimento tecnológico.

É possível encontrar desde pacotes pré-configuráveis, até ferramentas “engessadas” e inclusive soluções que permitem às empresas se aventurarem no desenvolvimento de um sistema totalmente caseiro.

Estas ferramentas têm em comum a característica de facilitar a transformação dos “amontoados de dados” em informações de forma a auxiliar os diversos níveis de uma empresa na tomada segura de decisões.

Vamos enumerar algumas ferramentas de BI:
  • Planilhas eletrônicas;
  • Geradores de queries baseadas em SQL;
  • Sistemas de apoio à decisão (DSS - Decision Support Systems);
  • EIS (Executive Information System);
  • Ferramentas OLAP (Online Analytical Processing);
  • Ferramentas de BAM (Business Activity Monitoring);
  • Ferramentas ETLs (Extract, Transform and Load);
  • Ferramentas de metadados;
  • Ferramentas BPM (Business Performace Monitoring);
  • Ferramentas Data Mining.


Aí vem a seguinte e importante questão: “Qual delas devemos utilizar ?” simples a resposta: “Dependerá de basicamente da necessidade específica de cada empresa !” Simples ?? Bem, não é tãããããooo simples assim..... principalmente quando falamos na trilogia Hardware X Software X Orçamentos limitados.

O que a empresa precisa ter em mente no momento de se “aventurar” numa ferramenta de BI é que esta deve permitir o acesso aos detalhes imprescindíveis das imensas bases de dados com o menor tempo e custo possível.

Como vimos em estudos anteriores, não são apenas as grandes empresas que precisam investir em soluções de BI, mas também as empresas de pequenos e médios portes pois estas necessitam injetar inteligência aos negócios para não perder pontos para a concorrência que muitas vezes está na sala ao lado e, ainda, para visualizar novas oportunidades e para ampliar sua área de atuação.

Nos nossos próximos encontros veremos a “sopa de letrinhas” OLTP, ODS, DW, ETL, OLAP, DSS e outras “surpresas” mais. Aguardo vocês no nosso próximo encontro.

Mais sobre: Business Intelligence, bi, especial_weblivre
Share Tweet
DESTAQUESRecomendado
Mais compartilhados
Comentários
Continue lendo