Administrando um departamento da Tecnologia da Informação e Gerência de Projetos

Na administração de um departamento de Tecnologia da Informação, um diretor se vê diante de quatro grandes áreas. Projetos são “esforços temporários levados a efeito para produzir um produto ou serviço único”. Por serem.

Por | @irialuppi Carreira em TI
Na administração de um departamento de Tecnologia da Informação, um diretor se vê diante de quatro grandes áreas:
  • Aplicativos;
  • Serviços;
  • Recursos e;
  • Administração Propriamente Dita (pessoal, finanças, patrimônio, etc).
  • A área de Aplicativos cuida do desenvolvimento, atualização e implantação de aplicativos ou softwares.
  • A área de Serviços cuida da execução das atividades rotineiras e repetitivas, geralmente referenciadas como Produção.
  • A área de Recursos cuida de sistemas operacionais, rede, planejamento de capacidade, instalação de equipamentos, etc. Dentre estas áreas, podem ocorrer projetos  tanto na área de Aplicativos como na de Recursos. A área de gerencia de projetos está sendo formalizada como ciência há cerca de quarenta anos, e que somente nesta década vem ganhado reconhecimento e divulgação maiores no ambiente de informática.




O QUE SÃO PROJETOS ?
Projetos são “esforços temporários levados a efeito para produzir um produto ou serviço único”. Por serem temporários, possuem um ciclo de vida dentro do qual ocorrem etapas distintas. Por exemplo, em projetos de desenvolvimento de aplicativos as etapas são Levantamento de Necessidades, Design, Programação, Testes e Implantação.

A ciência Gerência de Projetos foi formalizada no início da década de sessenta e vem tendo uma ascensão enorme. Segundo a revista Fortune, o assunto  gerência de projetos é, atualmente, a opção de carreira mais desejada entre profissionais de talento nos EUA.

Em muitas empresas de informática, os projetos são definidos no Plano Estratégico Anual (também conhecido como Plano Diretor de Informática), mas existem outras fontes de projetos que são tão poderosas como a anterior, tais como: demanda de mercado, solicitação de um cliente, movimentação da concorrência, imposição de legislação e avanço tecnológico.

Executar projetos de informática é bastante diferente da maioria dos outros tipos de projetos (construção, montagem, pesquisa, etc) pela complexidade do empreendimento, pela constante dificuldade de visualizar claramente o produto  que está sendo desenvolvido e pelas dificuldades de comunicação entre executor e usuário ou cliente. Para complicar, o ambiente de informática sempre foi arredio a influências externas de técnicas administrativas e, assim, foi criando seu próprio mundo. Em parte, isto se explica pelo fato de que os primeiros profissionais a fazer carreira foram os programadores que tinham um forte embasamento técnico, mas, geralmente, eram fracos administrativamente. Outro aspecto que deve ser observado é a dificuldade de comunicação entre o departamento de informática e o restante da empresa. Por estes e outros motivos, inúmeros casos de fracasso vêm sendo acumulados na história desta indústria. E é isto que faz com que a adrenalina seja sempre alta nesta indústria: vemos sempre convivendo, lado a lado, casos de estrondosos sucessos, badalados pela mídia mundial, com casos de fracasso matreiramente camuflados.

Nesta década, diversos fatos novos estão colaborando para modificar este cenário. Um deles foi a criação do modelo PM-CMMI (Project Management - Capability Maturity Model Integration), que procura medir o nível de maturidade de uma empresa no uso de técnicas e ferramentas de gerência de projetos. Pesquisas têm demonstrado uma relação direta entre o avanço na maturidade e a chance de desenvolver projetos bem sucedidos. Outro fato importante tem sido a influência do PMI (Project Management Institute) na  comunidade de informática. Isto pode ser constatado por todos aqueles que participaram dos últimos “Project Management Symposiums”, nos quais uma parte significativa das palestras estava voltada para o ambiente da informática.

Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo