A era da informação e os movimentos sociais

As redes, são fontes de informação que se tornaram componentes da estrutura social ,por isso é dito sociedade rede nomeando-a como uma nova estrutura dominante, com vantagens de ser flexível e adaptável superando limites com desenvolvimento das tecnologias da informação.

Por | @irialuppi Marketing Digital
As redes, são fontes de informação que se tornaram componentes da estrutura social ,por isso é dito sociedade rede nomeando-a como uma nova estrutura dominante, com vantagens de ser flexível e adaptável superando limites com desenvolvimento das tecnologias da informação. A flexibilidade pode ser alcançada sem sacrificar a performance , por isso que por sua capacidade superior de desempenho, as redes vão eliminando em cada área específica de atividade as formas de organização hierárquicas e centralizadas, tentando reprogramar outras redes, inscrevendo novos códigos. Dessa forma a luta principal na era da informação passou a ser a luta pela redefinição dos códigos culturais, que residem na mente humana.

Incentivos há Era da Informação são os movimentos sociais e culturais levando a grande rede ao alcance de todos. Para isso, os governos e outras pessoas têm que se posicionar e atuar sobre a cultura da virtualidade real expandindo a sociedade rede. Além do mais a globalização é um grande movimento de conexão de tudo o que vale para a razão instrumental do mercado e, ao mesmo tempo, de desconexão de tudo porque não são todas as pessoas que tem acesso a ela surgindo o termo exclusão digital e afirmando que a tradução de network society para o português como "sociedade em rede" é inapropriada e pode induzir a erros conceituais pois nem todos a conhecem.

Através da nova era surgiu o conceito de homem digital como idéia da inclusão digital das populações do planeta pela universalização do acesso ao uso dos computadores e às facilidades eletrônicas que as redes mundiais proporcionam.  Mas no Brasil tem que ser diferente, a não inclusão dos brasileiros principalmente os de baixa renda na Sociedade da Informação é culpa do país,pois seria tarefa de todos criar condições para crescer esse novo contexto social relacionado com a segurança nos fluxos de informações comerciais, financeiras, científicas e tecnológicas, dentre outras mas principalmente da inserção da informática juntamente com a internet na educação, pois a exclusão digital ainda está alta apesar da facilidade de acesso  hoje em dia.

Os serviços públicos e privados com ofertas de facilidades ao cidadão são desconhecidas ainda, o Brasil, tem apenas 5% da população como usuária dos serviços de rede, com um grande déficit de meios físicos para acesso à mesma, além de poucos conteúdos em português pois 85% são em inglês, um número muito pequeno de tele centros para uso público e poucos projetos governamentais de informatização das escolas públicas, considerando-se que menos de 4% das 165 mil escolas de ensino fundamental estão, conectadas, e ainda a pequena parcela delas que tem acesso na maioria das vezes sempre pagam.

A “rede das redes", mesmo com acesso limitado a aspectos físicos, lógicos e tecnológicos dos sistemas em funcionamento para o publico está passando por um processo de crescimento Mas o abismo digital que separa os que têm e os que não têm acesso à Internet continua grande,tendo como conseqüência altas taxas de desemprego e o analfabetismo tecnológico das populações, pois o domínio das tecnologias de informação e comunicação constituem, cada vez mais um requisito indispensável na formação dos jovens para habilitação profissional num mercado extremamente competitivo, por isso a grande multidão dos que hoje não tem emprego e padecem na anorexia que tomou conta dos programas sociais dos governos se deve, a má distribuição da riqueza e da injustiça social devido à falta de incentivo e utilização dos recursos financeiros para com os jovens estudantes ,os mais prejudicados pois de acordo com uma pesquisa realizada pela UNESCO com estudantes brasileiros conceitualizou-se a existência de quatro fases da educação relacionadas ao uso dos computadores e da internet, onde o aluno aprende a ser, a conhecer, a fazer e a viver com os outros através da rede e da informática. No  próximo artigo serão explicados estes termos e os movimentos sociais.

Mais sobre: sociedade movimentos
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo