Passos para definir e verificar causa raiz do problema

O processo de avaliação da causa raiz de uma forma simples e detalhada, buscando desenvolver a ação eficaz. Encontrar a Causa Raiz de um problema. É definir o problema e suas causas principais, e para isto é necessário fazer uso da experiência/conhecimentos técnicos.

Por | @qualidadebrasil Negócios
Defina a Causa Raiz, respondendo o “por que” tantas vezes quanto for necessário.

Usualmente há dois tipos de causas:

Causa Específica
Aquela que gera o problema

Causa Sistemática
Provocada pelo desenho do produto/processo de manufatura que permita sua ocorrência.

Encontrar a Causa Raiz de um problema
É definir o problema e suas causas principais, e para isto é necessário fazer uso da experiência/conhecimentos técnicos.

Usar todo tipo de ajuda para pensar, especialmente o “Brainstorming”.

Em alguns casos, a equipe de trabalho poderá desenvolver um diagrama de causa e efeito para identificar a causa raiz.

Identificação de possíveis alterações

Quando surgem os problemas, é porque alguma coisa mudou. Sendo assim, avaliar e busca a causa real é buscar estas mudanças. Gerar um relatório de perguntas avaliando todo este processo.

Que mudanças ocorreram na Fábrica/Escritório?
Quais são os novos fornecedores?
Há algum funcionário novo no processo?
Foi empregado algum novo material?
Houve mudanças na atitude do processo?
Houve mudanças no meio ambiente quando ocorreu o problema?
Está registrada a data de fabricação do elemento defeituoso?
Existiu sempre a não conformidade? Caso positivo, por que só foi apontado agora? O problema é correto?
Existem novas máquinas ou equipamentos?
Recoletar dados, listar as mudanças que se conhecem.
A lista das mudanças observadas é um guia para identificar as causas que podem ter gerado o problema.
Perguntar-se a cada diferença - Indica alguma mudança?
Nem todas as mudanças geram problemas, mas todos os problemas são gerados por mudanças.

Determinar as causas prováveis

  • Pode-se construir um diagrama de causa e efeito.
  • Consultar um especialista quando for necessário.
  • Empregar os conhecimentos da equipe de trabalho.
  • Estabelecer prioridades para a investigação das causas.
  • Dividir a equipe para o seguimento das diferentes causas prováveis.


Selecionar a causa mais provável

  • Experimentar cada causa com respeito a descrição do problema.
  • Selecionar a(s) mais provável(is) como as únicas que possam explicar o “é” ou “não é” e todos os fatores da descrição do problema.
  • Se for possível, reproduzir o problema por meio de simulação.
  • Usar todo tipo de ajuda para pensar, especialmente o “Brainstorming”.
  • Em algumas das seções, a equipe de trabalho poderá desenvolver um diagrama de causa e efeito.


Avaliação da causa raiz

Verificar se a causa selecionada reproduz o motivo do erro.
A informação estatística confirma que se trata de Causa Raiz?

Se a Causa Raiz não se verifica:

1) Continuar a investigação com outras causas prováveis.
2) Voltar a descrição do problema.

Se a Causa Raiz é verificada, desenvolver possíveis ações corretivas permanentes e selecionar a mais conveniente.

Ferramentas que podem ser utilizadas na identificação.

a) Brainstorming.
b) Diagrama de Causa e Efeito.
c) Folhas de Coleta da Dados.
d) Diagramas de Decisão.
e) Diagramas de Pareto.
f)  Estudos de Atitude.

DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar