O Computador na Educação à Distância

Ainda hoje pouca gente conhece a educação à distância e dos pouco que conhecem muita gente nega a modalidade por ter uma certa rejeição ao computador. Vamos saber aqui no que ele pode nos ajudar.

Por | @DanielPaulinoS Internet
No artigo anterior apenas iniciei o assunto que aqui vamos desenrolar um pouco mais. Vamos saber o que esta nova ferramenta (computador) tem a nos oferecer.

O computador

A Internet, a chamada rede mundial de computadores, permite hoje que cidadãos dos diversos cantos do mundo se comuniquem de forma rápida, ágil e barata. Os requisitos para ter acesso a esse meio de comunicação não são muitos, nem caros. Mas infelizmente eles ainda estão pouco disseminados entre nós. Os recursos necessários são um computador e uma linha telefônica. O conhecimento necessário se constrói rapidamente, bastando saber ler e escrever de forma razoavelmente fluente.

Computadores são máquinas de produção intelectual. Com computadores se produz textos, imagens, desenhos, filmes, sons. Com computadores se operam cálculos em grande quantidade e com rapidez. Com computadores é possível experimentar com números e outras entidades abstratas como nunca se fez antes.

E como fazer tudo isso? Com uma planilha de cálculos, por exemplo, pode-se mostrar de forma clara e concreta a correlação entre um gráfico e as quantidades (representadas por números) que o geram. Usando uma planilha, estudantes podem modificar paulatinamente os coeficientes de uma função numérica e verificar as modificações que resultam tanto em seu gráfico como no conjunto imagem da função.

Esta experiência pode trazer, digamos, uma certa concretude ao conceito de função. Chamo a isso experimentar com números. É claro que a mesma experiência era possível antes, mas cada gráfico exigia um enorme trabalho de cálculo e, em seguida, de desenho (plotagem) dos pontos sobre um papel quadriculado. Isso implicava que o número de experimentações era obrigatoriamente reduzido, restando aos alunos acreditar nas generalizações propostas pelos professores, nunca descobri-las por si mesmos.

Este é apenas um exemplo de como esta máquina de processar informações pode ser explorada como instrumento de experimentação, de produção intelectual. Poderia enumerar uma enorme lista de exemplos, incluindo simuladores, linguagens de programação, editores de textos, de imagens, de áudio, de vídeo etc. Mas não é o propósito deste texto; a idéia é apenas ressaltar o papel que pode ter o computador, como instrumento de pesquisa e experimentação para o aprendiz, indo muito além da sofisticada máquina de escrever e de imprimir que também é.

Fonte: http://www.tvebrasil.com.br

Mais sobre: ead, educação, ensino a distância
Share Tweet
DESTAQUESRecomendado
Mais compartilhados
Comentários