10 ótimos jogos grátis e sem compras in-app para Android

Existem jogos gratuitos aos montes na Play Store. Mas eles estão cheios das chamadas microtransações, que tentam nos fazer gastar dinheiro o tempo todo. Aqui vão algumas opções livres disso.

Por Apps Pular para comentários
10 ótimos jogos grátis e sem compras in-app para Android

Jogos gratuitos são um caminho sem volta nas lojas de apps para smartphone. Isso é ótimo, pois dá amplo acesso a títulos que talvez não seriam populares se fossem pagos. Entretanto, as produtoras dos games precisam ganhar dinheiro de alguma forma, e é aí que entram em cena as chamadas in-app purchases, ou microtransações com dinheiro real dentro dos aplicativos. Ou seja, não se paga nada por um game, mas, dentro dele, são oferecidos itens ou modos de jogo que só podem ser acessados ao se gastar uma graninha. Isso é especialmente chato quando as compras são oferecidas de forma abusiva, de modo que a progressão é prejudicada caso o jogador decida não desembolsar nada.

Este artigo é uma mãozinha para você que se identificou com o parágrafo acima. Indicarei 10 apps que são totalmente gratuitos e que, além disso, não direcionam suas interfaces para empurrarem compras excessivas.

1. Cytoid

Cytoid
Cytoid

É um jogo de ritmo em que se deve tocar em pontos da tela de forma sincronizada com a música em execução. Lembra de games como Guitar Hero ou Rock Band? É mais ou menos por aí. A interface é simples e logo se pega o jeito, mas o nível de desafio é altíssimo em algumas faixas. Além disso, o app é recheado por composições feitas pela comunidade, o que sempre aumenta o conteúdo disponível.

2. Geometry Dash SubZero

Geometry Dash SubZero é simples, rpido, divertido... E grtis. Foto: RobTop Games
Geometry Dash SubZero é simples, rápido, divertido... E grátis. Foto: RobTop Games

Trata-se de uma mistura de endless runners com jogos de ritmo. Na prática, você toca na tela para que seu personagem salte pelas plataformas em tempo correto. SubZero é a versão mais recente da franquia, com gráficos simpáticos e a mesma diversão. Uma boa pedida para filas de banco.

3. Ball King

Ball King
Ball King

Este merece um destaque especial porque foi um dos jogos que mais povoaram meus últimos smartphones. Ball King é um jogo de basquete 2D em que você precisa ajustar a força e a angulação dos arremessos pra acertar a cesta, que sempre muda de lugar. Para dificultar as coisas, também existe influência do vento, a favor ou contra seus chutes. O desafio real está no fato de que, com as mudanças de posição da cesta e do vento, é sempre preciso calcular tudo "do zero", tornando cada arremesso uma mistura de habilidade e intuição. O app possibilita a compra de cenários e personagens, que são absolutamente opcionais e desimportantes.

4. It’s a Space Thing

It’s a Space Thing
It’s a Space Thing

Com gráficos oldschool, esse jogo de tiro com ritmo frenético pede que você atire em inimigos que aparecem no topo da tela, enquanto desvia dos disparos deles. É algo como uma variação do clássico Space Harrier. Os controles são super simples e a diversão é garantida. Com um smartphone grande ou tablet em mãos, dá até para encarar um multiplayer local, em que dois jogadores tentam destruir um ao outro.

5. Rowdy Wrestling

Rowdy Wrestling
Rowdy Wrestling

Jogos de luta livre já foram bastante populares em videogames como PlayStation ou Nintendo 64. E o fator "zueira" estava entre os principais motivos, já que era muito divertido se engalfinhar por vários minutos no ringue, em lutas que se tornavam engraçadas. Rowdy Wrestling é como uma versão simplificada desses games, já que a pancadaria acontece em duas dimensões. Uma boa escolha para curtas sessões de jogatina.

6. Stranger Things

Stranger Things é baseado na série do Netflix. Foto: BonusXP, Inc.
Stranger Things é baseado na série do Netflix. Foto: BonusXP, Inc.

Sim, esse é o nome da famosa série do Netflix. Nem todos ficaram sabendo mas, para promover as aventuras de Eleven, Dustin e companhia, foi lançado um jogo totalmente gratuito baseado no enredo. Há elementos de ação e aventura nesse game em pixel art totalmente gratuito, que torna-se até bem desafiador em alguns pontos.

7. Pixel Dungeon

Pixel Dungeon
Pixel Dungeon

Já ouviu falar em jogos rogue-like? São aqueles RPGs em que os ambientes são construídos aleatoriamente a cada partida, e em que é preciso chegar ao final dos cenários sem morrer no meio do caminho. É o caso de Pixel Dungeon, um título interessante para partidas mais longas e que não cobra nada por isso, embora os desenvolvedores disponibilizem um sistema de doações para os que se sentirem motivados.

8. GameStart Pixel Battle

GameStart Pixel Battle
GameStart Pixel Battle

Os fãs de Megaman vão reconhecer algo muito familiar por aqui. Este é um game ao estilo 8-bit com grande inspiração no clássico da Capcom e que, inclusive, traz personagens como Ryu do Street Fighter, outra propriedade daquele estúdio. Será que eles têm os direitos pra isso? É provável que não, mas recomendo este aplicativo. Ah, é mais fácil que Megaman.

9. The Frostrune

O bom e velho point-n
O bom e velho point-n'-click em The Frostrune. Foto: Snow Cannon Games

Quem prefere jogos mais frenéticos não deve se tornar muito fã de The Frostrune, porque ele revive um gênero mais cadenciado, cada vez menos frequente nos títulos atuais. É uma aventura point-n’-click inspirada na cultura Viking, em que o jogador precisa observar o cenário, tocar em seus pontos chave e desvendar mistérios. Ele custa 5 dólares na App Store da Apple, mas sai 0800 no Android.

10. Vextor

Vextor
Vextor

Este é baseado nos clássicos twin-stick shooters. Em bom português, games em que se controla uma navezinha com os dois polegares, desviando-se de inimigos e destruindo-os com tiros numa arena fechada. Seu diferencial é que ele muda um pouco a lógica do gênero, pois adota uma perspectiva vertical e jogabilidade que possibilita o manejo com apenas uma mão.

O que achou das dicas? Hoje em dia, esse tipo de jogo, gratuito e sem microtransações, está cada vez mais escasso na Play Store, mas certamente há outras pérolas escondidas. Se você conhece alguma nesse perfil, recomende-a no campo dos comentários!

Leia também: Huawei Mate 30 sem Play Store: Como isso vai funcionar?. Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Carregar comentários