Apple desabilita Walkie-Talkie do Apple Watch por vulnerabilidade no sistema

Segundo publicação oficial da empresa, o bug no sistema faz com que usuários possam ouvir o que se passa em um iPhone alheio sem o consentimento do seu dono. A maçã disse já estar trabalhando no caso.

Por | @andressaisfer Apple Pular para comentários

A Apple desabilitou, nesta quinta-feira (11), o aplicativo Walkie Talkie do seu Apple Watch devido a uma vulnerabilidade do sistema. Segundo fontes, esse problema fazia com que pessoas pudessem ouvir o que se passava em um iPhone alheio sem o consentimento de seu dono.

A informação foi dada por meio de um anúncio oficial da empresa, que diz não ter conhecimento de nenhum caso em que essa vulnerabilidade tenha sido explorada para fins maliciosos, mas que mesmo assim optou por desabilitar o app por segurança. 

A gigante pediu desculpas pelo inconveniente e informou já estar trabalhando para corrigir essa questão. Enquanto isso, o aplicativo continua presente nos relógios, mas não funciona.

Para que dois usuários possam conversar por Walkie-Talkie, é preciso aceitar um convite e autorizar o aparelho a ter acesso ao microfone.Para que dois usuários possam conversar por Walkie-Talkie, é preciso aceitar um convite e autorizar o aplicativo a ter acesso ao microfone.

É importante ressaltar que a Apple só teve conhecimento dessa falha devido a um feedback de um usuário. Essa não é a primeira vez que isso ocorre: no início de 2019 um cliente percebeu que era possível ouvir o que pessoas diziam em uma conversa em grupo por FaceTime mesmo que uma delas não tivesse atendido a ligação. O usuário tentou relatar o erro à maçã, que não respondeu suas mensagens. A Apple apenas percebeu que de fato havia esse bug no sistema e o reparou certo tempo depois.

Parece que após esse episódio a empresa está prestando maior atenção nos feedbacks.

Agora é preciso esperar para ver quanto tempo a maçã levará para corrigir essa falha do sistema - e se o problema de fato será resolvido.

Fonte: techcrunch 

Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal