Oficina da Net Logo

Recurso de eletrocardiograma do Apple Watch Series 4 chega com o watchOS 5.1.2

A Apple conseguiu autorização do Tipo II do FDA para o Apple Watch nos Estados Unidos.

Por | @oficinadanet Apple Pular para comentários

O recurso de eletrocardiograma (EKG) que havia sido prometido ao Apple Watch Series 4 deve ganhar suporte na próxima atualização do watchOS 5.1.1, conforme um documento de treinamento da Apple Store que foi obtido pela MacRumors.

O recurso irá permitir que o dispositivo consiga realizar medições de ECG usando eletrodos embutidos na parte de trás do relógio e da coroa digital, o que melhora a capacidade do Apple Watch de medir e ainda monitorar o coração dos usuários.

A Apple conseguiu autorização do Tipo II do FDA para o Apple Watch nos Estados Unidos. Angela Chen explica que isso não significa a mesma cosa que a aprovação completa do FDA do Tipo III.

“Para tirar uma leitura de ECG do Apple Watch, os usuários precisarão colocar um dedo na Coroa Digital enquanto estiverem usando o relógio. A leitura é concluída em 30 segundos, permitindo que os usuários determinem se seus corações estão batendo em um padrão regular ou se há sinais de fibrilação atrial”, diz o MacRumors. Leia em destaque: Vale a pena trocar seu iPhone X pelo iPhone XS, iPhone XS MAX ou iPhone XR?.

Recurso de eletrocardiograma do Apple Watch Series 4 chega com o watchOS 5.1.2.Recurso de eletrocardiograma do Apple Watch Series 4 chega com o watchOS 5.1.2.

Conforme o documento de treinamento, os recursos do EKG estarão disponível nas regiões em que o Apple Watch foi librado para uso, ou seja, apenas nos Estados Unidos, inicialmente.

A Apple, muito provavelmente, já está buscando aprovação médica para outros países e com isso ampliar o uso do recurso para mais usuários.

O watchOS atualizado 5.1.2 está em teste beta para desenvolvedores. Ainda não temos informações de quando a versão final será lançada.

Os funcionários da Apple Store são orientados a aconselhar os clientes que o aplicativo de ECG "não deve ser um dispositivo de diagnóstico ou substituir métodos tradicionais de diagnóstico" e "não deve ser usado para monitorar ou rastrear estados de doença ou mudar medicação sem antes falar com um médico ", conforme o documento da Apple. 

Fonte: The Verge

Você tem Telegram? Então inscreva-se grátis aqui no canal do Oficina da Net e recebe todas as notícias pelo mensageiro.

Comentários
Carregar comentários