Oficina da Net Logo

Pesquisador faz críticas em relação à política de recompensas da Apple

Para expor a situação, Ian usou o seu Twitter para cutucar Tim Cook, o CEO da Apple, dizendo que a companhia deveria doar mais de US$ 2 milhões à caridade.

Por | @oficinadanet Apple Pular para comentários

Várias companhias possuem uma rede de hackers que realizam testes contínuos com a finalidade de encontrar alguma falha e possíveis brechas nos seus sistemas. As pessoas que se envolvem em tais processos acabam recebendo uma bela quantia em dinheiro após cada descoberta.

Ian Beer é um exemplo disso. Ele ganha a vida se dedicando a melhorar os sistemas do Google, que possui uma política acessível de pesquisadores que contribuem para isso. A Apple, porém, mesmo estando avaliada em um valor de mercado de US$ 1 trilhão, parece não estar disposta a gastar tanto dinheiro assim.

A Maçã costuma convidar apenas poucos membros para se juntar ao quadro de exploradores de brechas e falhas. Os critérios não são claros, e acaba incomodando os pesquisadores, inclusive Ian, que  já foi responsável pela descoberta de diversos problemas envolvendo o iOS, e que pela tabela de valores pagos pela gravidade dos bugs, teria que corresponder a mais de US$ 1 milhão.

Pesquisador faz críticas em relação à política de recompensas da Apple.Pesquisador faz críticas em relação à política de recompensas da Apple. Leia em destaque: Vale a pena trocar seu iPhone X pelo iPhone XS, iPhone XS MAX ou iPhone XR?.

Leia também:

Para expor a situação, Ian usou o seu Twitter para cutucar Tim Cook, o CEO da Apple, dizendo que a companhia deveria doar mais de US$ 2 milhões à caridade.

“Olá Tim Cook, eu venho trabalhando há anos para ajudar o iOS a se tornar mais seguro. Aqui está uma lista com todos os bugs que eu reportei e foram enquadrados como qualificados desde o lançamento do programa. Você poderia me convidar oficialmente para que pudéssemos doar esse dinheiro à @amnesty?”

A crítica não chega somente por Ian, outros profissionais também comentaram sobre os valores praticados pela Apple. A questão não atinge somente a imagem da companhia, mas também é ruim para a segurança. Vale mencionar que neste mercado costuma ganhar quem paga mais.

A Apple, como de costume, não se pronunciou sobre o episódio.

Você tem Telegram? Então inscreva-se grátis aqui no canal do Oficina da Net e recebe todas as notícias pelo mensageiro.

MAIS SOBRE: #Apple  #Google  #malware  #falhas
Comentários
Carregar comentários