Oficina da Net Logo

Apple vai liberar o Sistema Operacional Lisa de graça em 2018

O sistema operacional precursor do OS X, que hoje é conhecido como macOS, será disponibilizado para download gratuito no Museu da História da Computação.

Por | @viniischulz Apple

Desenvolvido por uma equipe em conjunto com Steve Jobs em 1980, o sistema operacional do computador Apple Lisa, será liberado para download gratuitamente pelo Museu da História da Computação. A partir de 2018 uma das heranças deixadas por Jobs ficará disponível para o público em geral. Como informa o Business Insider, o download do código-fonte aberto do sistema, também vai incluir os programas originais que o acompanhavam.

O primeiro desktop com interface gráfica para o usuário foi o Apple Lisa, o sistema foi o percursor da versão do OS X, que hoje conhecemos por macOS, que é instalado nos MacBooks e outros computadores da Apple.

Lisa foi o primeiro computador com interface gráfica.Lisa foi o primeiro computador com interface gráfica.

Lisa foi responsável por fatos marcantes da história de Jobs e da Apple, o computador apesar de ter sido o primeiro com interface gráfica, não fez muito sucesso após o seu lançamento em 1983, muito devido a seu alto preço que passava da casa dos US$10 mil. Logo depois do fracasso de Lisa, Jobs se envolveu no projeto Macintosh, que era uma tentativa de implementar um computador com gráficos avançados ao mercado, porém novamente caro de mais.

Em virtude do preço do Macintosh, Jobs, o CEO John Scully e o conselho administrativo da maçã, acabaram por brigar. Fato que levou a saída de Steve Jobs da empresa em 1985. Em 1996 Jobs fez seu retorno a Apple, no seu retorno liderou tempos depois os times que criaram o iPod, iPhone, o iPad e outros projetos.

Apple vai liberar o Sistema Operacional Lisa de graça em 2018

 

Leia também:

Outra fato curioso relacionado a história do software, foi o nome. Apesar de a nomenclatura oficial ser uma sigla para Local Integrated System Architecture (Arquitetura de Sistema Integradora Localmente), tempos depois, o fundador da Apple, confessou ao biógrafo Walter Isaacson, que na verdade se tratava de uma homenagem à sua filha mais velha, Lisa Nicole Brennan-Jobs. Filha na qual Jobs demorou anos para reconhecer a paternidade.

Lisa tinha um caráter revolucionário para os padrões da época, o software rodava em um microprocessador Motorola 68000 a 5MHz, tinha 1 MB de RAM, memória virtual, disco rígido externo de 5 MB e depois leitores de disquetes 5,25” de 871 KB.

O código-fonte será disponibilizado de graça no site oficial do Computer History Museum, em 2018, a data específica para sua publicação ainda não foi divulgada.

MAIS SOBRE macos lisa iphone
SHARE
Comentários
Você precisa lerver tudo
Mais recentesver tudo
 
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail