Com contratação de ex-engenheiro da Apple, Google quer desenvolver seus próprios chipsets

Bruno era uma dos principais engenheiros que fundou e liderou o grupo responsável pela análise dos processadores usados nos iPhones e iPads .

Por | @oficinadanet Apple

Atualmente, muitas fabricantes de smartphones estão em busca da fabricação de seus próprios processadores. A Huawei, por exemplo, possui o Kirin, já a Samsung conta com o Exynos, a Apple possui os chips da série A e até a LG pode retornar ao desenvolvimento de seus próprios processadores. A novidade da vez é que o Google passará a produzir os seus próprios chipsets.

O ex-engenheiro da Apple, John Bruno, abandonou o seu posto em Cupertino para se juntar com o grupo do Google em um cargo ainda especificado.

Com contratação de ex-engenheiro da Apple, Google quer desenvolver seus próprios chipsets.Com contratação de ex-engenheiro da Apple, Google quer desenvolver seus próprios chipsets.

Leia também:

Conforme o The Information, Bruno era uma dos principais engenheiros que fundou e liderou o grupo responsável pela análise dos processadores usados nos iPhones e iPads pra ver se estavam em condições de serem usados. Antes de ingressar ao time da Maçã, Bruno liderava a engenharia por trás dos processadores Fusion da AMD, enquanto também trabalhava com o design de chips para a ATI.

Bruno, através da sua página no LinkedIn disse que juntou ao Google como “arquiteto de sistemas”, porém, não comenta exatamente o que fará na empresa.

Para completar, o Google também contratou antigos empregados da Qualcomm, a maior fabricante de chipsets para smartphones da atualidade. Mais um indício do novo empreendimento da companhia.

Mais sobre: apple chipsets processadores
Share Tweet
Recomendado
Siga no instagram
Comentários