Qualcomm quer impedir entrada a venda de iPhones na China

De acordo com a Bloomberg, os processos foram registrados em setembro em uma corte de patentes em Pequim e alegam que a Apple foi responsável por infringir várias propriedades intelectuais da Qualcomm.

Por | @oficinadanet Apple

A Apple e a Qualcomm, não é de hoje, marcam presença pesada nos tribunais em razão de patentes. Conforme um relatório apresentado recentemente, a Apple já estava pensando em iniciar um processo judicial bem antes, quando solicitou ajuda da Samsung na Coreia do Sul. Já, anteriormente, Google, Microsoft, Facebook e outras gigantes do mundo tecnológico já se posicionaram favoráveis a Apple e contra a Qualcomm.

Agora, a Qualcomm entrou com vários processos na China para impedir a fabricação e também venda de iPhone no país. De acordo com a Bloomberg, os processos foram registrados em setembro em uma corte de patentes em Pequim e alegam que a Apple foi responsável por infringir várias propriedades intelectuais da Qualcomm.

Qualcomm quer impedir entrada a venda de iPhones na China.Qualcomm quer impedir entrada a venda de iPhones na China.

Leia também:

Os novos processos movidos pela Qualcomm possuem alegação principal de que a Apple utiliza os sistemas de gerenciamento de energia da Qualcomm na tecnologia responsável pelo Force Touch nos iPhones. Deste modo, a Qualcomm pretende impedir que a Apple venda os seus iPhones em um dos maiores mercados do planeta, além disso, bastante importante para a Maçã.

O analista da Cacaccord Genuity, Mike Walkley, acredita que tais processos fazem parte apenas de uma estratégia da Qualcomm para fazer com que a Apple volte a negociais o valor do processo que a Apple move contra ela nos Estados Unidos. Para completar, o analista acredita que este pode ser um sinal de que a situação da Qualcomm não esteja muito bem.

Mais sobre: apple qualcomm patentes
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Destaquesver tudo