Oficina da Net Logo

Avast revela lista de smartphones com malware de fábrica

A lista da Avast conta com 143 smartphones e tablets Android que deixam a fábrica com o malware instalado.

Por | @oficinadanet Android Pular para comentários

Na quinta-feira (24), a Avast revelou a existência de dispositivos Android que já estão saindo de fábrica com malwares instalados. A companhia de segurança destaca que entre os aparelhos alguns são de marcas bastante conhecidas em que os produtos, inclusive, recebem certificação do Google.

Estamos falando do adware Cosiloon, que exibe anúncios em praticamente todos os aplicativos que o usuário abre, incluindo alguns nativos desenvolvidos pelo próprio Google, como Play Store e Chrome. A suspeita é que o malware esteja sendo instalado após o dispositivo receber a certificação do Google.

"Aplicativos maliciosos podem, infelizmente, ser instalados no firmware antes de serem enviados aos consumidores", explica Nikolaos Chrysaidos, Chefe de Segurança & Inteligência de Ameaças a Dispositivos Móveis da Avast. "Se um aplicativo estiver instalado no firmware é muito difícil removê-lo, tornando imperativas as colaborações na cadeia industrial entre fornecedores de segurança, o Google e OEMs. Juntos, podemos garantir um ecossistema móvel mais seguro para os usuários de Android".

Avast revela lista de 143 dispositivos Android que já saem infectados de fábrica.Avast revela lista de 143 dispositivos Android que já saem infectados de fábrica. Leia em destaque: 20 Soluções para um Android que não detecta o chip.

Leia também:

A lista da Avast conta com 143 smartphones e tablets Android que deixam a fábrica com o malware instalado. Vale mencionar que nem todos os aparelhos receberam certificação da gigante das buscas. De qualquer forma, o preocupante é que marcas famosas como ZTE e Archos contam com aparelhos infectados.

A Avast diz que a lista inicial possuía 800 dispositivos, porém, alguns acabaram sendo cortados, ficando somente aqueles que somaram mais de 10 usuários ativos no mês passado. Usuários de vários locais do planeta foram afetados, incluindo Brasil, Argentina, México, França, Espanha, Estados Unidos eÍndia.

Na lista não há aparelhos super conhecidos do público, porém, alguns são de marcas famosas. Entre eles estão sete aparelhos da ZTE, nove da Archos e as que possuem mais dispositivos são da fabricante russa Irbis, com 10 aparelhos. A eLink possui 13 dispositivos e ALPS com 33 smartphones e tablets.

Dos 143 modelos com problemas, somente 17 contam com certificação do Google.

Para conferir a lista completa clique aqui.

Hey, acompanhe todas as notícias do Oficina da Net no Telegram. Inscreva-se grátis.

MAIS SOBRE: #Android  #seguranca  #malware  #smartphones
Comentários
Carregar comentários