Pesquisa diz que milhares de apps Android violam privacidade infantil

A pesquisa aponta que 5% dos aplicativos avaliados coletam informações de localização ou dados de contatos sem a autorização dos pais ou responsáveis.

Por | @oficinadanet Android

Atenção pais! O assunto é sério. O assunto privacidade vem ganhando ainda mais destaque nos últimos dias graças ao enorme caso envolvendo o Facebook, em que milhares de usuários tiveram os seus dados vazados, o que pode ter impactado diretamente as eleições dos Estados Unidos para presidente.

Se os adultos já sofrem com os vazamentos de dados não autorizados, será que nossas crianças realmente estão seguras na rede? Pois bem, um estudo recente de pesquisadores afiliados ao COPPA (Ato de Proteção à Privacidade Online das Crianças) usou ferramentas para analisar 5.855 aplicativos mais populares no Android como sendo adequados para a família. O resultado de tudo isso é realmente preocupante.

Pesquisa diz que milhares de apps Android violam privacidade infantil.Pesquisa diz que milhares de apps Android violam privacidade infantil.

Leia também:

A pesquisa aponta que 5% dos aplicativos avaliados coletam informações de localização ou dados de contatos sem a autorização dos pais ou responsáveis. Além disso, 1.100 aplicativos (19%) compartilham informações delicadas com serviços de terceiros; 2.281 aplicativos (39%) parecem violar os termos de serviço do Google no que diz respeito ao compartilhamento de identificadores persistentes.

Por fim, 40% dos apps da pesquisam compartilham informações pessoais dos usuários pela internet sem aplicar medidas de segurança e dos 1.280 aplicativos inclusos no estudo que são integrados ao Facebook, 92% deles não usam corretamente as opções de configurações de proteção de usuários abaixo dos 13 anos.

Muitos aplicativos conhecidos fazem parte da lista alarmante que ferem o direito a privacidade das crianças e adolescentes. Por essa razão, todo cuidado é pouco, e devemos ser extremamente criteriosos na escolha de tais aplicativos, principalmente quando houver crianças que os usam.

O estudo em questão mostra que por mais que existam os termos de privacidade que os aplicativos precisam cumprir, nem sempre é isso que ocorre, e muitos deles não estão de acordo com as normas.

SHARE
+ vistos em Android
Comentários