Whatsapp pode restringir acesso à menores de 16 anos

Função deve primeiro chegar a Europa como uma forma de controle de conteúdo impróprio ou nocivo chegando a menores de idade, como isso funcionaria ainda é uma incógnita.

Por WhatsApp Pular para comentários
Whatsapp pode restringir acesso à menores de 16 anos

O WhatsApp receberá uma nova atualização que poderá impedir que menores de 16 anos utilizem do serviço de mensagens instantâneas. A atualização deverá ser a próxima lançada, a versão 2.19.222 para Android, ainda em desenvolvimento, mas também pode chegar ao iOS.

A plataforma é hoje propriedade do Facebook e contém cerca de 500 milhões de usuários ativos diariamente, entre todos esses, uma boa parte são menores de idade. Por isso, a empresa pensa em medidas contra possíveis exposições sexuais, a drogas ou qualquer tipo de conteúdo considerado inapropriado ou nocivo que pode circular pela rede e atingir esses jovens.

whats

Segundo WABetaInfo, a versão está testando um novo filtro para o WhatsApp, uma opção que poderia restringir o acesso ao aplicativo para menores de 16 anos. Mesmo desde 2012 o aplicativo já possui uma política de privacidade que desaconselha o uso da plataforma para menores de 16 anos.

Claramente ninguém sabe desse tipo de aconselhamento e tampouco dá atenção. Assim jovens acabam por serem expostos a situações sem controle e sem filtro online. De acordo com Elmundo, na Europa a idade recomendada chegou a estar nos 13 anos mas deve voltar aos 16 com atualizações mais recentes.

Não se sabe ainda como funcionaria exatamente essa restrição a menores, mas poderia resultar desde restrições, impedimentos ou até mesmo bloqueio das funcionalidades do app para menores. Esse tipo de filtro deverá primeiro chegar à Europa como forma de proteger os usuários mais jovens e o Facebook que deve tomar a decisão sobre os critérios envolvendo tal restrição.

Em causa está agora uma possível implementação que visará proteger os utilizadores europeus com menos de 16 anos. A este grupo poderá ser aplicada uma restrição, impedimento, ou mesmo um bloqueio. No entanto, para já não sabemos exatamente como é que esta plataforma do Facebook tomará a decisão que pode abranger desde um controle parental sobre o aplicativo de seus filhos como também um sistema de identificação automático de conteúdo que ativa algum tipo de bloqueio.

Compartilhe com seus amigos:
Bruno Ignacio de Lima
Bruno Ignacio de Lima Jornalista, gamer e geek. Louco por tecnologia. Redator de smartphones e novidades tecnológicas aqui no Oficina da Net
Quer conversar com o(a) Bruno, comente:
Carregar comentários
Últimas notícias de WhatsApp