O que é e como funciona a memória RAM do celular?

Sempre quando vamos escolher um novo celular, uma das maiores preocupações é o desempenho do dispositivo. Por esta razão, sempre procuramos aparelhos com um bom processador e principalmente com bastante memória RAM.

O que é  e como funciona a memória RAM do celular?

Sempre quando vamos escolher um novo celular, uma das maiores preocupações é o desempenho do dispositivo. Por esta razão, sempre procuramos aparelhos com um bom processador e principalmente com bastante memória RAM. O que sabemos, é que a memória RAM está ligada diretamente no desempenho do dispositivo, pois, quanto maior a RAM, melhor vai ser o desempenho com multitarefas, por exemplo. mas ainda sim, pode parecer muito vaga essa informação e por isso, neste artigo você vai conferir o que é e como funciona a memória RAM do celular.

O que é a memória RAM do celular?

A Memória de acesso aleatório (Random Access Memory) ou apenas memória RAM, é utilizada com frequentemente pelos sistemas operacionais mais modernos para armazenar e processar dados importantes e usados ​​com freqüência. Se a memória eletrônica não usasse RAM, todas as operações no seu celular seriam muito mais lentas e a leitura de uma fonte de memória permanente (ROM) exigiria muito mais tempo. O uso da RAM permite que os aplicativos sejam executados mais rapidamente e vários ao mesmo tempo. Os dados podem ser facilmente processados ​​e aguardar sua vez devido à capacidade de endereçamento.

1

Por que precisamos de Memória RAM em nosso celular?

A memória RAM é a ligação entre o processador e o sistema operacional, porque armazena informações temporárias necessárias para a execução dos aplicativos. Isso significa que, se necessário, a memória pode se referir diretamente a um bloco específico, sem afetar o restante. A velocidade do acesso aleatório não muda a partir da localização das informações necessárias, o que é uma enorme vantagem.

Com relação a todas as sutilezas da produção, a RAM raramente falha. Na maioria dos casos, a memória danificada começa a cometer erros que levam ao colapso do sistema ou à operação instável de muitos componentes do dispositivo ou à falha completa.

A necessidade de adicionar constantemente novos modelos de RAM é ditada não apenas pelo marketing. O número de programas e processos com os quais os usuários trabalham todos os dias está aumentando a cada dia. O smartphone para inicialização rápida e operação estável de programas e jogos precisa de muita memória RAM.

Quais os principais componentes que utilizam a memória RAM do celular?

Como já foi dito anteriormente, quanto mais RAM o dispositivo tiver, melhor seu desempenho para abrir diversos aplicativos simultaneamente. Mas não são apenas esses processos que ''comem'' memória RAM em seu celular.

O Android é um dos sistemas mobile mais populares do mundo, ele é executado no Kernel do Linux. O kernel é armazenado em um tipo especial de arquivo compactado e recuperado diretamente na RAM quando o dispositivo é ligado. O kernel, drivers e módulos do kernel que controlam os componentes do dispositivo são armazenados nesta área reservada da memória.

Disco RAM para arquivos virtuais

Algumas pastas e arquivos no diretório do sistema são realmente virtuais. Eles são criados a cada inicialização e contêm informações como nível da bateria e frequência do processador. Para o seu armazenamento é alocado um pouco mais de RAM. As configurações de dados, IMEI e modem são salvas na NVRAM (memória não volátil que não é apagada quando o telefone é desligado). Ao mesmo tempo, a cada download, eles são transferidos para a RAM para operação do modem. A placa gráfica também precisa de memória para funcionar. É chamado VRAM. Nossos smartphones usam processadores gráficos integrados que não têm memória própria. Portanto, uma certa quantidade de RAM é reservada para o adaptador gráfico.

Toda a RAM restante dos consumidores listados acima está disponível no shell gráfico do sistema operacional e nos aplicativos instalados. Nesse caso, em uma parte da quantidade restante de RAM, os dados dos aplicativos em execução são armazenados e a segunda fica sempre livre, caso o usuário inicie outro programa. Se a quantidade de memória livre diminuir, os aplicativos lançados anteriormente serão descarregados da RAM.

Até o momento, a quantidade de RAM que o sistema operacional reserva para suas necessidades é de aproximadamente 1 GB. Embora os fabricantes possam aplicar suas próprias configurações e módulos adicionais.

Se o sistema operacional e os aplicativos estiverem suficientemente otimizados, não será necessário perseguir o número de GB. Um exemplo bem conhecido e ilustrativo: smartphones e tablets rodando no iOS, geralmente têm menos RAM que os concorrentes no Android. Isso não os impede de mostrar bons resultados no uso diário e nos testes de desempenho.

Quais são os tipos de memória RAM existentes?

Quanto maior o número que caracteriza a RAM, mais rápido seu celular funcionará. Existe até uma afirmação de que, de acordo com as possibilidades de 4 GB (LPDDR3), corresponde aproximadamente a 3 GB (LPDDR4). A diferença pode não parecer muito grande, mas definitivamente é. Lógico que é recomendável escolher um telefone com um módulo LPDDR4.

Quanta memória RAM deve ter em um celular para funcionar de maneira fluída?

Sempre que você for escolher um aparelho, leve em consideração que o sistema operacional deverá ''comer'' de 1 a 1,5 GB da RAM. Assim, nos dias atuais, procure escolher dispositivos com ao menos 4 GB de memória RAM. Isso ainda é suficiente para rodar aplicativos e jogos sem problemas. Lembrando que estamos falando de aparelhos Android, quando se trata do iOS, a figura muda completamente.

2

Quem procura um smartphone moderno e poderoso para qualquer tarefa, os fabricantes oferecem dispositivos com 6, 8 e até 12 GB de RAM. Agora, pode parecer que esse volume de RAM provavelmente não seja necessário para o telefone, mas na era do aprendizado de máquina, inteligência artificial e realidade aumentada, ter memória RAM sobrando é sempre bom.

Então, gostou do nosso artigo?

Tech Mobile: Inscreva-se!

O nosso novo canal de smartphones surgiu, veja o que preparamos para você que gosta de celulares!

Comentários
Minha foto
Insira um comentário