Saiba como diferenciar e comprar o cartão microSD certo para o seu aparelho

Os cartões microSD, com passar dos anos, sofreram uma grande evolução em termos de capacidade e velocidades de leitura/escrita. Este artigo será o seu guia para que você saiba como diferenciar e comprar o cartão microSD certo para o seu aparelho.

Por Tecnologia Pular para comentários
Fonte: cnet
Fonte: cnet

O cartão microSD já foi muito utilizado antigamente, mas com a evolução das soluções em tecnologia de armazenamento fixas (soldadas nas placas integradas dos dispositivos) isto começou a mudar, necessitando desta forma que as tecnologias de armazenamento móveis melhorassem em diversos aspectos. Com o passar dos anos, houve uma grande evolução tanto na capacidade dos cartões microSD quanto em suas velocidades de leitura e escrita. Dito isso, o objetivo deste artigo é lhe ajudar a saber como diferenciar e comprar o cartão microSD certo para o seu aparelho.

Para sabermos diferenciar se um cartão é melhor ou não, temos que determinar primeiro qual será o uso, para depois selecionar as melhores opções de acordo com as exigências da atividade em que ele será utilizado. Existem cartões que são, por exemplo, mais adequados para instalar aplicativos de um smartphone Android, mais preparados para consoles portáteis, melhores para gravações de vídeos em 4K, mais eficientes para fotografias, entre outras situações de uso. Portanto, embora a maioria pense que só a capacidade de armazenamento do cartão microSD importe, não é bem assim que funcionam as coisas.

Um bom cartão microSD não é o que tem somente alta capacidade de armazenamento

O que significa cada número, símbolo e letra no cartão microSD. Fonte: straitstimes
O que significa cada número, símbolo e letra no cartão microSD. Fonte: straitstimes

A quantidade de GBs é a primeira característica que vem a mente dos consumidores ao procurarem um cartão microSD, porém não é somente este fator necessário para se obter uma boa experiência na utilização destes dispositivos de armazenamento móvel. Se você parar para observar os símbolos impressos nos cartões, vai notar que além do número que indica a sua capacidade de armazenamento, há outros números e símbolos. Estas outras informações, são as que determinam o desempenho do cartão microSD.

Tipo e Capacidade de armazenamento

O cartão microSD está disponível a venda atualmente no mercado em dois tipos, o SDHC (Secure Digital High Capacity) e SDXC (Secure Digital eXtended Capacity). A diferença entre estas duas categorias, está basicamente no armazenamento, onde os cartões SDHC vão de 4GB até 32GB e os cartões SDXC vão de 64GB até 2TB (talvez até além futuramente). Entretanto, existem dispositivos antigos que suportam somente os cartões microSDHC como, por exemplo, a câmera GoPro Hero 4 e o Nintendo 3DS, limitando-se desta forma à cartões microSD com capacidades de até 32GB.

Observação: Sempre consulte o manual do dispositivo antes de comprar qualquer cartão para saber até qual modelo de cartão ele tem suporte.


Cartões microSD Express

Logos dos novos cartões microSD Express abaixo. Fonte: digitalcameraworld
Logos dos novos cartões microSD Express abaixo. Fonte: digitalcameraworld

Embora ainda não estejam disponíveis no mercado, prevê-se que até o ano que vem já serão fabricados os primeiros cartões microSD Express, que irão elevar a tecnologia de armazenamento móvel a outro patamar. Entretanto, acredita-se que só surgirão aparelhos capazes de suportar tal formato no ano de 2021.

Um ponto interessante da criação da nova tecnologia foi a demanda da tecnologia, que por incrível que pareça não veio da indústria fotográfica e sim de indústrias como a da computação mobile, de consoles, automotiva e de Internet das Coisas (IoT ou Internet of Things). Estes setores de produção estavam ansiando pela adoção dos protocolos PCIe (PCI Express) e NVMe mais atuais, utilizados pelos formatos CF Express e XQD. Esta tecnologia, ao ser aplicada aos cartões microSD proporcionam velocidades semelhantes a SSDs (Solid State Drives).

Os cartões microSD Express serão capazes de oferecer uma capacidade de armazenamento de até 128TB a uma velocidade de até 985MB/s, tornando-os capacitados para, por exemplo, serem utilizados para filmagens em resolução 8K e em câmera superlenta (super slow-mo shooting).

Diferenças de de velocidade e capacidade entre os tipos de cartão microSD. Fonte: digitalcameraworld
Diferenças de de velocidade e capacidade entre os tipos de cartão microSD. Fonte: digitalcameraworld

É importante salientar que os cartões microSD Express lançados no ano que vem, poderão ser utilizados por dispositivos que não tenham suporte a eles, porém não terá como extrair o máximo de sua velocidade.

Classe de velocidade (Speed Class)

Existem seis classes de velocidades em que os cartões microSD são classificados: 2,4,6,10, U1 e U3 (isto também vale para os cartões SD). Estes números se referem a velocidade de gravação (rapidez com que se copia um arquivo para o cartão) em megabyts por segundo (MB/s), onde temos:

  • Classe 2 = 2MB/s
  • Classe 4 = 4MB/s
  • Classe 6 = 6MB/s
  • Classe 10 = 10MB/s
  • U1 = Pelo menos 10MB/s
  • U3 = Pelo menos 30MB/s
É fato que hoje em dia a maioria dos cartões já suportam Classe 10 ou superior. Entretanto você pode achar cartões que tem a classificação de Classe 10 e U1 ou U3. Isso significa que o cartão em questão possui suporte para o barramento de velocidade ultra-alta (Ultra High Speed Bus ou UHS). Ou seja, ao ser utilizado em dispositivos com suporte a U1 ou U3, ele chegará às velocidades de gravação mencionadas acima, mas reduzirá a velocidade de transferência (Classe 10) caso o aparelho não possua compatibilidade.

Um cartão topo de linha poderá conter o código UHS-I ou UHS-II. Essa simbologia refere-se à velocidade teórica máxima do BUS (barramento: é o sistema que transfere dados entre componentes). Nos cartões UHS-I temos uma velocidade máxima de 104MB/s, ao passo de que a categoria UHS-II possui uma velocidade máxima de 312MB/s.

Observação: Não confunda o UHS-I e UHS-II com as velocidades de gravação mencionadas acima.

Ainda temos uma classificação chamada de Video Speed Class. Ela foi criada devido ao aumento de dispositivos que possuem a capacidade de filmagem em alta resolução como, por exemplo, 4K, 8K, realidade virtual, 360 graus e 3D. Esta classificação é indicada pelo símbolo V seguido de um número, que se refere a velocidade em MB/s. Temos então as seguintes categorias:

  • V6 = 6MB/s
  • V10 = 10MB/s
  • V30 = 30MB/s
  • V60 = 60MB/s
  • V90 = 90MB/s

Confira abaixo a indicação de cada Video Speed Class para cada resolução de imagem:

Velocidades de gravação e suas classes. Fonte: SD Association
Velocidades de gravação e suas classes. Fonte: SD Association

Classe de desempenho para aplicativos em smartphones e tablets (Application Performance Class)

Este padrão foi criado pela SD Association no ano de 2016 devido a necessidade de um bom desempenho de aplicativos instalados nos cartões microSD. A classificação é indicada pela letra "A" seguida de um número. Esta classe de desempenho se refere as velocidades mínimas de leitura e gravação aleatórias do cartão microSD (medidas nas operações de entrada/saída por segundo ou input/output operations per second, também chamada de IOPS).

No mercado, temos somente os padrões A1 e A2. Os de classificação A1 possuem uma gravação aleatória mínima de 500 IOPS e leitura aleatória mínima de 1500 IOPS, enquanto a categoria A2 possui 2000 IOPS e 4000 IOPS, respectivamente. Estas classificações darão ao usuário que gosta, por exemplo, de instalar apps de jogos no smartphone ou tablet, tempos de carregamentos menores, principalmente ao abrir o aplicativo.

Especificações da classificação de aplicações. Fonte: hardwarezone
Especificações da classificação de aplicações. Fonte: SD Association

Colocando todas as tecnologias juntas

Para ilustrar a evolução do cartão microSD ao longo dos anos e suas tecnologias, colocaremos abaixo uma tabela com todos os números, símbolos e letras mencionados acima:

Evolução do cartão microSD ao longo dos anos e suas tecnologias. Fonte: straitstimes
Evolução do cartão microSD ao longo dos anos e suas tecnologias. Fonte: straitstimes

Afinal, qual cartão microSD comprar?

Como você pode perceber, o cartão microSD ideal para o seu dispositivo depende muito de que tipo de aparelho está sendo utilizado. No intuito de lhe ajudar a dar um norte, faremos algumas indicações aqui.

Câmera GoPro Hero8. Fonte: pcmag
Câmera GoPro Hero8. Fonte: pcmag

No caso de uma action câmera (câmera de ação) 4K como a GoPro Hero8 ou a DJI OSMO, seria interessante um cartão com no mínimo Classe 10 de velocidade, sendo o ideal a categoria U1 ou U3. Além disso, é recomendado, caso queira fazer vídeos em resolução 4K, que adquira um cartão microSDXC que possui a capacidade de armazenamento a partir de 64GB indo até 1TB. Também temos a classificação de Video Speed Class, onde a mais indicada seria pelo menos a V10, sendo o ideal adquirir um cartão com V60.

Observação: A mesma recomendação dita acima, vale para drones que tenham câmera com capacidade de filmar em 4K.

Drone DJI Mavic 2 Pro. Fonte: dronerush
Drone DJI Mavic 2 Pro. Fonte: dronerush

Para consoles portáteis como o Nintendo Switch, de acordo com os testes realizados pelo site PCWorld, as diferenças entre o desempenho de velocidade para abrir os jogos não foram muitas, chegando à conclusão de que a melhor escolha de um cartão, seria aquela que é mais barata e com maior capacidade. Entretanto, caso realmente queira o melhor desempenho possível, procure por cartões microSDXC de classe U3 e categoria A1. Confira abaixo o gráfico com os testes realizados:

Comparativo de cartões microSD analisando o tempo para abrir o jogo Doom no Nintendo Switch. Fonte: pcworld
Comparativo de cartões microSD analisando o tempo para abrir o jogo Doom no Nintendo Switch. Fonte: pcworld

No caso de câmeras DSLR, irá depender mais da capacidade de gravação do hardware da câmera do que o cartão microSD em si. Ou seja, se a sua câmera for recente (2-3 anos atrás), ela irá tirar vantagem possivelmente das classificações de vídeo, sendo o ideal o V30 ou mais, de velocidade, sendo o ideal a U3, e de aplicações (A1 e A2).

Já para smartphones e tablets, irá depender do tipo de utilização. Caso queira instalar aplicativos no cartão microSD, é indicado adquirir um que tenha classificação de aplicação A1. No caso de armazenamento de arquivos de mídia para posterior transferência para o PC, basta um cartão que possua classe 10 ou classe U1 ou U3, para obter velocidades de transferência de dados maior.

Smartphone Asus ROG Phone 2. Fonte: Oficina da Net
Smartphone Asus ROG Phone 2. Fonte: Oficina da Net

Comentários:
Carregar comentários