Oficina da Net Logo

Qual a diferença entre hardware e software?

Se você sempre fica confuso com alguns termos técnicos da tecnologia, talvez ainda são saiba a diferença entre hardware e software. Mas neste artigo você poderá saber o que cada um deles significa.

Por | @oficinadanet Tecnologia Pular para comentários

Dentre as palavras usadas na tecnologia, muitas são em inglês. E para nós, brasileiros, que em maioria não fala este idioma, as nomenclaturas e significados podem parecer um pouco confusos. Uma das nomenclaturas que causa muita confusão é sobre qual a diferença entre hardware e software. Você saberia explicar? Se não sabe ou tem dúvidas sobre o real significado, confira abaixo as diferenças entre eles.

Os componentes de um computador são divididos principalmente em duas seções. Eles são o hardware e o software. Hardware refere-se aos componentes tangíveis e físicos do computador. É tudo aquilo que você pode ver e tocar, como o CPU, placa-mãe, mouse, teclado, impressora e monitor. 

Por outro lado, existe o software, que você não pode tocar. Ele é o conjunto de instruções para executar uma tarefa específica. O software deve ser carregado no hardware, para executar uma tarefa. O software funciona como a interface entre o usuário e o hardware. Em resumo, tanto o hardware quanto o software são essenciais para o computador produzir uma saída útil.

O que é hardware?

Hardware são os componentes físicos de um computador tangíveis. O hardware é dividido em dispositivos de entrada, dispositivos de saída, dispositivos de armazenamento secundário e componentes internos.

Dispositivos de entrada

Em primeiro lugar, os dispositivos de entrada são os componentes que enviam dados para o computador. Alguns exemplos são o teclado, que permite ao usuário inserir dados de entrada. O layout do teclado é semelhante a uma máquina de escrever com teclas adicionais. 

Outro dispositivo de entrada é um mouse. Consiste em um equipamento com botões esquerdo e direito, além de uma roda. Ele não pode ser usado para inserir texto no computador, mas auxilia na navegação. De acordo com o movimento do mouse, é possível controlar a posição do cursor na tela. 

Dentre outros dispositivos de entrada podemos citar Joysticks, Light Pen, Scanner, Microfone, dentre outros.

Dispositivos de saída

Em segundo lugar, os dispositivos de saída são os dispositivos periféricos que recebem dados do computador. Pode ser uma exibição, projeção ou qualquer outro meio. Alguns exemplos são os seguintes.

O Monitor é uma Unidade de Exibição Visual (VDU) que exibe os dados ou elementos visuais do computador. A impressora serve para imprimir o que vemos na tela do monitor em um papel. As impressoras mais recentes são as impressoras injetáveis. Eles são usados ​​para obter impressões múltiplas de alta qualidade.

Dispositivos Secundários de Armazenamento

Dispositivos de armazenamento secundário são os dispositivos que armazenam os dados até que os dados sejam excluídos ou anulados. Esses dispositivos armazenam dados permanentemente. Portanto, eles são memória não volátil. 

Em outras palavras, desligar o dispositivo não excluirá os dados nos dispositivos de armazenamento secundário. O HD, CD, DVD, disquete e pen drive são alguns exemplos de dispositivos de armazenamento secundário.

Componentes Internos

Mais importante ainda, os componentes internos são os elementos que se conectam diretamente com as principais funcionalidades do computador. O CPU, Memória RAM, ROM e placa-mãe são alguns exemplos. 

O CPU é a principal unidade de execução do computador. Divide-se ainda em dois componentes: Unidade Aritmética e Lógica (ULA) e a Unidade de Controle (UC). A ALU executa os cálculos matemáticos e as operações lógicas. A unidade de controle (CU) carrega os sinais de controle para operar outros componentes.

A RAM, que significa memória de acesso aleatório de armazenagem de dados, serve como um auxiliar para armazenar os dados dos programas e resultados de programas para a CPU poopder executar tarefas. É possível realizar operações de leitura e gravação na RAM. A quantidade de RAM é um fator considerável para determinar o desempenho do computador. Requer mais tempo para a CPU acessar o armazenamento secundário, como o disco rígido, para todas as operações. 

Portanto, a RAM é usada como armazenamento primário. É uma memória voláti, ou seja, ela contém dados temporários. Desligar o dispositivo apagará os dados armazenados na RAM.

A ROM é a memória somente de leitura. Só é possível ler a partir da ROM. É uma memória não volátil, portanto, os dados são permanentes armazenados. Ela mantém as instruções necessárias para iniciar um computador. Além disso, uma placa-mãe é uma plataforma única. Ele conecta CPU, memória, discos rígidos e outras portas através de cabos. Esses são os principais componentes de hardware encontrados em um computador.

O que é software?

Software é o conjunto de programas projetados para executar uma tarefa. Um programa consiste em uma seqüência de instruções. Existem dois tipos principais de software: software de sistema e software de aplicativo.

Software de sistema

O software do sistema permite operar, controlar e estender a capacidade de processamento de um computador. Este software é necessário para executar o software de hardware e aplicativos. Eles são a interface entre o hardware e os usuários finais. Normalmente, os fabricantes de computadores desenvolvem o software de sistema. As linguagens de programação comuns para desenvolver software de sistema são C, C ++ e Assembly.

Alguns exemplos de software de sistema são sistema operacional, (como Windows e Linux), compiladores, montadores, intérpretes e drivers de dispositivos. Um sistema operacional executa gerenciamento de tarefas, gerenciamento de memória, manuseio de arquivos e gerenciamento de hardware, entre outras funções. 

Os compiladores e intérpretes convertem um programa de alto nível em código de máquina compreensível pela máquina. Um montador converte o programa de linguagem de montagem em código para a máquina. Os drivers de dispositivo controlam e monitoram as funcionalidades de dispositivos específicos, como impressoras.

Software de Aplicativo

O software aplicativo é projetado para atingir um requisito específico do usuário. Alguns aplicativos de software são os seguintes: Documentos do Word, que permitem a criação de documentos, planilha, que permitem manter detalhes financeiros e fazer calculos, sistemas de gerenciamento de banco de dados (DBMS), que mantém o banco de dados (como o próprio nome já diz), dentre outros.

Além disso, existe um software aplicativo, projetado para suportar determinadas tarefas organizacionais. As organizações de negócios usam o sistema de gerenciamento de recursos humanos para registrar os detalhes dos funcionários. Uma escola ou universidade usa um sistema de gerenciamento de bibliotecas para inserir registros de novos livros, detalhes sobre empréstimos de livros, etc.

Além desses tipos, existe outro tipo de software chamado software utilitário. Este tipo auxilia as tarefas do computador. Alguns exemplos de software utilitário são os programas antivírus e as ferramentas de gerenciamento de arquivos e discos.

Relação entre hardware e software

O Hardware e o software dependem um do outro para funcionarem. Ambos são necessários para o computador produzir uma saída útil. O Software é armazenado no Hardware, e o Hardware precisa do Software para funcionar.

Diferença entre hardware e software

 

Tangibilidade

O hardware é tangível, enquanto o software é intangível.

Método de construção

O hardware é desenvolvido usando materiais eletrônicos e outras peças, como plástico e metais. O software é desenvolvido escrevendo instruções, através de uma linguagem de programação.

Substituição

Quando um componente de hardware é danificado, ele pode ser substituído por um novo componente. Quando o software está danificado, ele pode ser reinstalado usando uma cópia de backup. Malwares como vírus e worms podem danificar o software, como o sistema operacional Windows.

Inicialização

O hardware começa a funcionar assim que o software é carregado no sistema. Para usar um software, ele deve ser instalado no computador.

Exemplos

Teclado, mouse, monitor, impressora, disco rígido, CPU, RAM e ROM são alguns exemplos de hardware. 

MS Word, Excel, MSSQL, MySQL, Photoshop são alguns exemplos de software.

Conclusão

Tanto o hardware como o software são necessários para o funcionamento adequado do computador. O software não pode ser utilizado sem hardware, enquanto o hardware não pode ser utilizado sem software. 

Gráfico de comparação

Hardware Programas
Natureza física Natureza lógica
Dispositivos de armazenamento, dispositivos de saída, dispositivos de controle Software de sistema, software de programação, aplicativos, jogos
Discos rígidos, roteadores, scanners, impressoras, placas de vídeo, monitor Adobe Photoshop, Microsoft Word, leitores de PDF, Quickbooks, Antivírus
Serve como sistema de entrega para soluções de software Executa tarefas específicas por usuários através de um conjunto de instruções
Dependente de software Dependente do hardware
Não pode ser atingido por um vírus diretamente POde ser atingido por um vírus
Se desgasta com o tempo Não se desgastará com o tempo

Assista ao nosso último vídeo: