Cientistas conseguem diminuir tumor em ratos com auxílio de nanorrobôs

Se os estudos avançarem, outras opções de tratamento menos prejudiciais poderão ajudar os pacientes a não terem tantos efeitos colaterais.

Por | @oficinadanet Tecnologia

A medicina, cada vez mais, está se unindo a alta tecnologia para aprimorar os cuidados com a saúde dos homens. A novidade da vez é que a revista científica Nature divulgou uma nova descoberta que pode transformar o modo em que o câncer é tratado. Vale mencionar que o câncer, dependendo do caso, ainda não possui uma cura específica.

Pesquisadores chineses conseguiram reduzir o tumor de um rato através da utilização de nanorrobôs compostos por uma enzima que é capaz de coagular o sangue em que se alimentam as células cancerosas.

Cientistas conseguem diminuir tumor em ratos com auxílio de nanorrobôs.Cientistas conseguem diminuir tumor em ratos com auxílio de nanorrobôs.

Agora, se os estudos avançarem, outras opções de tratamento menos prejudiciais poderão ajudar os pacientes a não terem tantos efeitos colaterais. A quimioterapia e radioterapia, atualmente, podem causar danos ao organismo no geral, e não somente nas células nocivas. Levando em consideração os nanorrobôs, o efeito seria realizado de modo localizado apenas no tumor, sem afetar o restante das células, isto é, as saudáveis.

A descoberta em questão é baseada em um DNA de vírus. Ele possui a trombina, uma enzima responsável pela coagulação do sangue, e outro DNA, que é capaz de se unir a moléculas afetadas pelo câncer.

Por enquanto, os testes foram realizados em ratos. Assim, quando o robô foi inserido no animal, a trombina operou apenas no lugar necessário. Ela coagulou o sangue ao redor do tumor, e com isso a progressão cessou.

O experimento foi realizado em quatro tipos de câncer: mama, pulmão, ovário e melanoma. Em relação ao melanoma, o dispositivo ainda conseguiu impedir a ida das células para o fígado.

DEIXE SEU COMENTÁRIOComente aqui
Últimas em Nanorrobos
    Assine a nossa newsletter

    COMENTÁRIOS

    COMENTÁRIOS

    Comentários