Apostas esportivas: o caminho da legalização nos Estados Unidos e no Brasil

As apostas esportivas estão incluídas na discussão sobre a legalização dos cassinos, que está tratando da regulação do jogo em geral.

Por | @oficinadanet Tecnologia

Os Estados Unidos podem estar vivendo um momento de viragem na sua relação com as apostas esportivas. Apesar de ser o país que inventou a “slot machine” e criou Las Vegas e o moderno conceito de cassino gigante, as apostas esportivas são permitidas em apenas 4 dos 50 estados da União. O jogo é um tema tão polêmico como aqui no Brasil. E o assunto vai voltar agora para as parangonas.

O governador do estado de New Jersey, Chris Christie, está entrando com uma proposta para liberar as apostas esportivas. Este estado da Costa Leste americana, bem perto de New York, é há muito um dos grandes centros de jogo à nível do país, com os famosos cassinos de Atlantic City – mesmo sem ter a mesma fama de Las Vegas. O governador Christie quer estender o negócio às apostas esportivas e a Suprema Corte começou avaliando o caso na segunda-feira, 3 de dezembro.

Apostas esportivas em pauta no BrasilApostas esportivas em pauta no Brasil

O atual presidente Donald Trump é um dos apoiantes da mudança da lei, tal como foi em 1992 quando saiu legislação proibindo apostas esportivas em esportes profissionais ou universitários (que são muito importantes naquele país, como acontece com o basquetebol da NBA). Curiosamente, desta vez Trump ficou do mesmo lado que a NFL, a liga de futebol americano, depois de nos últimos meses ter trocado tuítes furiosos com vários jogadores devido ao seu protesto de se ajoelharem no momento de tocar o hino nacional.

O argumento do governador de New Jersey é forte: as apostas esportivas existem, apesar de serem ilegais, e sua regulação traria arrecadação de impostos e maior controle sobre a atividade. O político tem o apoio do comissário da NBA, Adam Silver, que aponta que a regulação não poderia criar 50 casos diferentes e individuais para cada estado americano com respeito às apostas esportivas. A Suprema Corte americana deverá tomar uma decisão na primeira metade de 2018.

E no Brasil?

As apostas esportivas estão incluídas na discussão sobre a legalização dos cassinos, que está tratando da regulação do jogo em geral. O negócio continua sendo proibido, mas em outros países tem sites em português oferecendo serviços de apostas online, aceitando e fazendo pagamentos através de transferência bancária ou boleto. Um estudo da Fundação Getúlio Vargas aponta que cerca de R$2 bilhões serão movimentados em cada ano com as apostas esportivas em nosso país. Com a regulação, a Fundação prevê que esse valor aumentaria para R$10 bilhões, criando R$2,7 bilhões em impostos.       

DEIXE SEU COMENTÁRIOComente aqui
MAIS SOBRE apostas Brasil cassino
Assine a nossa newsletter

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Comentários