Fábrica de telefones de luxo Vertu vai fechar. Nem todo mundo tem 35 mil para pagar

Vertu não é a primeira empresa que fabrica aparelhos de luxo a fechar as portas.

Por | @oficinadanet Smartphones

A empresa de smartphones de alto padrão Vertu irá fechar as portas. A companhia ficou conhecida no mercado por oferecer uma linha exclusiva de smartphones luxuosos, sendo que alguns dos modelos podiam custar mais de R$ 35 mil. Porém, ao que tudo demonstra, o negócio acabou não dando certo.

De acordo com uma reportagem publicada nesta quinta-feira (13), através do jornal Financial Times, a Vertu resolveu encerrar a sua produção, e com isso, anunciar o fim da empresa, o que irá acarretar na demissão de mais de 200 funcionários. A empresa teria uma dívida que gira em torno de 130 milhões de euros.

Afinal é difícil vender smartphone de R$ 4 mil, imagine de R$ 35 milAfinal é difícil vender smartphone de R$ 4 mil, imagine de R$ 35 mil

A Vertu teve sua estreia no mercado ainda em 1998, como uma divisão de celulares de luxo dentro da Nokia. Em 2012, a empresa acabou sendo vendida pela primeira vez e após isso, acabou sendo repassada várias vezes. Por fim, o empresário turco Murat Hakan Uzan acabou adquirindo a empresa, segundo o site Engadget.

Há pouco tempo, a Vertu revelou uma parceria com a chinesa TCL, dona de marcas como Alcatel e BlackBerry, para poder dividir o uso de patentes e compartilhar tecnologias.

A Vertu não é a primeira marca de aparelhos celulares caros a falir, recentemente, a Sirin teve o mesmo fim.

Mais sobre: smartphones celular nokia
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar