Em 2017, brasileiros já trocaram mais de 2 milhões de vezes de operadoras

Operadoras de telefonia podem não estar agradando todos os usuários.

Por | @oficinadanet Smartphones

Ao que tudo indica, os brasileiros não estão muito satisfeitos com as operadoras de telefonia contratadas. Somente nos seis primeiros meses de 2017, mais de 2,57 milhões de portabilidades numéricas foram realizadas. Os números são apontados através do relatório da Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações (ABRTelecom).

Os dados revelam que entre os meses de janeiro e junho deste ano, foram efetuadas 644 mil (25%) transferências entre operadoras de telefonia para usuários do serviço fixo e 1,93 milhão (75%) para usuários do serviço móvel.

Somente no primeiro trimestre, mais de 1,2 milhão de trocas de operadoras foram registradas, já no segundo trimestre foram 1,36 milhão de migrações, sendo 334,55 mil (24%) em trocas de serviços fixos e 1,03 milhão (76%) para serviços móveis.

Desde a inclusão da portabilidade numérica no Brasil, que teve início em 2008, até o dia 30 de junho de 2017, no total, 37,58 milhões de transferências foram realizadas, sendo que 13,37 milhões (36%) no serviço fixo e 24,21 milhões (64%) no serviço móvel.

Os números revelam uma insatisfação por parte dos consumidores com os serviços prestados das operadoras. No relatório do ano passado, a Anatel mostrou que em 2016 foram registradas 3,9 milhões de reclamações. O serviço que mais obteve queixas foi o de telefonia móvel, que acumulou 47,7% das reclamações dos usuários. Já o ser serviço de telefonia fixo gerou 24,2% das reclamações.

Mais sobre: telefonia celular portabilidade
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo