Oficina da Net Logo

FBI desmonta fórum responsável por mais de meio bilhão de dólares em crimes

Grupo movimentou mais de meio bilhão de dólares

Por | @Evilmaax Segurança digital Pular para comentários

Você ainda acha que o problema do tráfico de drogas e acertos de crime estavam resolvidos na Deep Web depois que o famoso Silk Road foi fechado? Então reveja seus conceitos, pois a polícia americana disse ter fechado mais um importante fórum que operava nos mesmos moldes do SR e que oferecia diversos tipos de "serviço". Segundo os oficiais os cibercriminosos movimentaram mais de US$ 530 milhões através da plataforma.

O Departamento de Justiça americana anunciou quarta-feira que após uma operação internacional composta com Estados Unidos, Austrália e países da Europa e Ásia, 36 suspeitos foram indiciados pelo suposto envolvimento com o mercado negro online através do fórum chamado Infraud. Seus crimes variam de venda de informações roubadas, malwares, dados de cartões de crédito, números da Segurança Social, etc.

Cinco desses 36 suspeitos foram presos nos EUA enquanto que outros 8 foram detidos em outros países, incluindo Austrália, Itália e Sérvia, onde aguardam a extradição para os EUA. O resto permanece em liberdade em países como Egito, França, Rússia, Paquistão, Canadá, entre outros. Leia em destaque: Aprenda a remover vírus do pendrive.

Quem tenta entrar no fórum agora é recebido com essa imagemQuem tenta entrar no fórum agora é recebido com essa imagem

Investigadores dos EUA classificaram o Infraud como uma das maiores empresas de crimes digitais que já haviam encontrado, processado e fechado. O fórum, acessível somente pela Deep Web, tinha 10,901 membros registrados a partir de março de 2017 no momento de sua baixa.

De acordo com a acusação do Departamento de Justiça, um ucraniano de 34 anos, chamado Svyatoslav Bondarkeno, iniciou o site em 2010 com o objetivo de torná-lo o principal destino para informações roubadas de cartão de crédito. Através do fórum, os membros afirmaram vendiam dados de cartão e também contas de PayPal. Tudo era negociado e pago através de moedas virtuais como o Bitcoin.

O paradeiro de Bondarkeno é desconhecido já que ele se encontra desaparecido desde 2015, de acordo com a acusação. Após seu sumiço quem assumiu o controle do site foi o co-fundador Sergey Medvedev, que já se encontra detido.

Hierarquia do siteHierarquia do site

Os investigadores norte-americanos não quiseram revelar se o fórum estava se valendo de alguma brecha de segurança de alguma das grandes bandeiras de cartão, porém, as vítimas estendem-se desde instituições financeiras e comerciantes até cidadãos particulares em todo o mundo. Em 7 anos de vida do site ele vendeu informações relativas a 4,3 milhões de cartões de crédito, cartões de débito e contas bancárias.

E se você chegou a comprar alguma coisa por lá, ou até mesmo criou uma conta e nunca a utilizou para nada, é hora de começar a se preocupar. Os oficiais disseram ainda que o fórum ter sido desmantelado não significa que as investigações acabaram, muito pelo contrário: eles conseguiram identificar os mais de 10.000 membros da plataforma e irão atrás dos mesmos, mas não deixaram claro em qual sentido.

Hey, acompanhe todas as notícias do Oficina da Net no Telegram. Inscreva-se grátis.

MAIS SOBRE: #seguranca  #bitcoin
Comentários