Procon e Samsung resolvem impasse e S21 terá carregador grátis no Brasil

O Procon-SP e a Samsung finalmente entraram em acordo sobre fornecimento de carregador na venda do S231 no Brasil. Confira!

A Samsung finalmente vai fornecer o Galaxy S21 com carregador no Brasil. (Imagem: Oficina da Net)
A Samsung finalmente vai fornecer o Galaxy S21 com carregador no Brasil. (Imagem: Oficina da Net)

A linha de flagships do Galaxy S21 foi anunciada oficialmente pela Samsung em janeiro deste ano, e ontem (9), o Galaxy S21, S21+ e S21 Ultra finalmente chegaram ao Brasil, e com preços bem salgados diga-se de passagem. Apesar do hype gerado no lançamento do mais novo topo de linha da empresa, a Samsung surpreendeu a todos ao notificar aos seus clientes que seus novos smartphones não viriam com o carregador incluso na caixa.

Essa postura foi estabelecida primeiramente pela Apple no lançamento do iPhone 12 no fim do ano passado, o que chamou a atenção do Procon do estado de São Paulo. Depois de uma longa novela, parece que o órgão brasileiro e a gigante sul-coreana finalmente entraram em um acordo, e o carregador será disponibilizado para o público de forma gratuita na compra de qualquer um dos três modelos da linha S21.

Para formalizar o acordo foi necessário assinar o Termo de Compromisso Voluntário, e que basicamente permitirá o usuário solicitar o acessório sem custo durante o período de pré-venda dos aparelhos, isto é, entre os dias 09/2 e 07/3. Para isso, o consumidor poderá fazer o pedido do seu carregador pelo site "Samsung Para Você". A empresa promete enviar o acessório no prazo de até 30 dias corridos.

Leia também:

"Brasil sai na frente do mundo inteiro"

O Procon-SP comemorou o acordo e lembrou que esse é um passo histórico, já que o Brasil é o primeiro país a entrar em acordo com a fabricante sul-coreana sobre esse determinado impasse. Vale lembrar que assim como a Apple, a Samsung havia dito que estava retirando o acessório de seus smartphones por conta do lixo eletrônico lançado ao meio ambiente. Sobre isso, Fernando Capez, diretor-executivo do Procon-SP disse;

"... não existe uma justificativa de caráter ambiental para esse tipo de procedimento. É uma promoção puramente de caráter econômico, se existe a preocupação ambiental o Procon-SP irá exigir a adoção de políticas de logística reversa a todos os fabricantes de eletrodomésticos e também montadoras de automóveis e celulares, essa será a próxima etapa."

O acordo é válido para todo o território e somente ele. Outros países continuam a receber os smartphones sem o carregador incluso na caixa com o smartphone. Vale salientar que a Apple foi a primeira empresa a adotar esse medida, porém até o momento não houve um acordo com o Procon, e consequentemente, o iPhone 12 continua sendo vendido sem o acessório.

Capez ainda falou que espera que a Apple possa rever sua estratégia e também possa adotar a medida acordada com a Samsung. Segundo o Procon, a prática de vender o smartphone sem o carregador, obrigando o consumidor a comprar o acessório separadamente, é caracterizado como venda casada, e essa é uma prática proibida em todo o Brasil de acordo com o artigo 39 do Código de Defesa do Consumidor.

Via

🔥O POCO F4 É MUITO BOM 👇

Comentários
Minha foto
Insira um comentário