CEO da Samsung pede demissão

Kwon, através de uma carta enviada a todos os funcionários da empresa anuncia a sua saída e diz que “não foi uma decisão fácil”.

Por | @oficinadanet Samsung

Nesta sexta-feira (13), a Samsung anunciou que Kwon Oh-Hyun, um dos principais executivos da empresa, pediu demissão da companhia. Ele estava na empresa há 32 anos e era presidente do conselho administrativo da Samsung, além de dirigir os setores de componentes da empresa, incluindo chips de memória e displays.

A decisão de Kwon chega em um momento crítico para a empresa. A gigante coreana, por um lado, espera anunciar um lucro trimestral recordista de mais de R$ 40 bilhões, porém, por outro, a companhia vem passando por um escândalo de corrupção sem precedentes, que originou na condenação de cinco anos de prisão do importante executivo Jay Y. Lee.

Kwon Oh-Hyun.Kwon Oh-Hyun.

Leia também:

Kwon, através de uma carta enviada a todos os funcionários da empresa anuncia a sua saída e diz que “não foi uma decisão fácil”.  "Agora que nos confrontamos com uma crise sem precedentes de dentro para fora, creio que chegou a hora de começarmos do zero, com um novo espírito e liderança jovem para responder melhor aos desafios que surgem da indústria de TI", disse ele.

O executivo ainda mencionou que "não tem palavras para descrever" seu orgulho de ter construído "uma das empresas mais valiosas do mundo". "Mas agora a empresa precisa de um novo líder mais do que nunca, e é hora de eu seguir adiante para o próximo capítulo da minha vida", concluiu. 

Por enquanto não há qualquer menção sobre o sucessor de Kwon.

Mais sobre: samsung displays demissão
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo