Qualcomm não aceita proposta de compra de US$ 130 bilhões da Broadcom

A proposta foi feita ainda na semana passada, porém, a resposta foi dada nesta segunda-feira (13).

Por | @oficinadanet Qualcomm

A Qualcomm não aceitou a proposta de compra feita pela Broadcom. Através de um comunicado feito através do seu site oficial, a empresa anunciou ter chegado a uma decisão unanime por parte de seus diretores para não aceitar a fusão entre as empresas.

A proposta em questão foi feita ainda na semana passada, porém, a resposta foi dada nesta segunda-feira (13). De acordo com fontes consultadas pela Reuters, a Qualcomm considerou muita baixa a proposta de US$ 70 por ação feita pela Broadcom, deste modo, a rejeição atual faz parte da negociação por um valor mais alto.

Qualcomm não aceita proposta de compra de US$ 130 bilhões da Broadcom.Qualcomm não aceita proposta de compra de US$ 130 bilhões da Broadcom.

Leia também:

A Qualcomm é responsável pela fabricação dos processadores Snapdragon que podem ser encontrados em vários smartphones, além disso, a empresa fabrica outros componentes utilizados nestes dispositivos.

"Nenhuma empresa está melhor posicionada nos setores mobile, Internet das Coisas, automotivo, computação de ponta e rede dentro da indústria de semicondutores", disse o diretor da Qualcomm Paul Jacobs.

A Broadcom, na última semana, fez a proposta de USS$ 130 bilhões pela aquisição da rival Qualcomm. Se as empresas fecharem negócio no futuro, esta será a maior aquisição da história da indústria de tecnologia, passando a frente dos US$ 67 bilhões que foram pagos pela Dell na compra da EMC em 2015.

Mais sobre: negocios snapdragom chips
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Destaquesver tudo