RIM altera o nome e lança o Blackberry 10

Com mais de 70 mil apps à disposição, novo smartphone é a esperança da empresa canadense, que trocou de nome, para retomar seu lugar no mercado e competir com o Android, da Google, e o iOS, da Apple.

Por | @alexscs Smartphones

Depois de 18 meses estagnada e sem lançamentos, a Research In Motion (RIM), empresa canadense fabricante do BlackBerry, finalmente voltou às notícias com a sua grande novidade.

Foram lançados os smartphones Z10 e Q10, ambos com o novo sistema operacional BB10, e as vendas devem começar de imediato em alguns países. Com o objetivo de unir a vida pessoal e profissional das pessoas, os novos aparelhos oferecem uma série de recursos para facilitar a vida de seus usuários.

O smartphone Z10 possui touchscreen, 2 GB de RAM, processador de 1,5 GHz, tela de 4.2 polegadas, memória interna de 16 GB (expansível com cartões MicroSD) e câmeras com 2 e 8 Megapixels.  O destaque fica por conta do BlackBerry Hub, que oferece LinkedIn, Twitter e Facebook integrados, onde o usuário pode criar mensagens, recebê-las e respondê-las, além de guardar informações de e-mail da pessoa. Assim, tudo está ao fácil alcance com apenas poucos toques.

O outro aparelho, o BlackBerry Q10, foi criado ao estilo clássico, com botões, para agradar os fãs mais antigos da RIM.

Com parcerias com empresas do porte de Walt Disney Studios e Universal Music Group, a companhia dispõe de até 70 mil aplicativos para o usuário se entreter. Entre eles, estão os populares Angry Birds, Whatsapp, Facebook e Foursquare.

Apesar de não ter disponibilidade confirmada, o Z10 deve iniciar suas vendas nos Estados Unidos em meados de março, com um preço estimado de US$ 200. No Brasil, não existe nenhum tipo de previsão de começo de vendas.

A questão é que o Z10 e o Q10 representam muito mais do que simples lançamentos. Os dois são a esperança de sobrevivência da empresa. Em 2012 sua participação caiu pela metade, de 11% (2011) para 5,3%. O líder do segmento, o Android, passou de 52,5%(2011) para 72,4% no final de 2012. O momento pode ser bom, visto que o iPhone vem tendo uma queda em relação ao seu passado.

Até o momento, porém, a repercussão não trouxe boas expectativas para a companhia. Suas ações caíram 12% na bolsa de Nasdaq. Com isso, a queda chega aos 18% nos últimos 12 meses. E os investidores devem esperar para confirmar se a aposta em uma tecnologia que não foi efetivamente testada vai dar certo, o que mostra que a empresa tem uma grande batalha pela frente.

Novo nome

Juntamente com o lançamento dos novos smartphones, a RIM anunciou também a mudança de nome da empresa. A partir de agora, passará a se chamar... BlackBerry! Ou seja, o nome de seu produto virou o nome da empresa. A troca de nome também incluiu o nome na bolsa, que será BBRY.

Com a troca, que foi aprovada pelo conselho de administração, a empresa espera virar a página e começar uma “nova era, com um número radical de mudanças”.

Mais sobre: blackberry rim smartphone
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo