Suspeitas de pornografia infantil tiram aplicativo de fotos da App Store

Apple remove aplicativo "500xp" de sua AppStore após reclamações de alguns usuários pela facilitação na busca por imagens pornográficas ou de nudez contidas no app.

Por | @marciobohrer Smartphones

Suspeitas de pornografia infantil tiram aplicativo de fotos da App Store

Após denúncias de pornografia infantil, o app 500xp, que é gratuito, e possuía mais de um milhão de downloads, foi retirado do ar pela Apple. A medida foi de precaução para evitar maiores transtornos.

O aplicativo foi desenvolvido no Canadá e seus donos disseram a Apple que o app tem um método de segurança para que não sejam postadas nenhuma imagem que reflita à pornografia.

A Apple por sua vez, disse que possui provas de que o aplicativo facilita a busca por fotos de nudez, o que é contra sua política, e mesmo sob as afirmações de que o app sofreria mudanças imediatas, o software foi removido da Loja da Apple.

Evgeny Tchebotarev, cofundador da empresa desenvolvedora do 500xp, disse à Apple que irá atualizar o aplicativo imediatamente e multiplicar os mecanismos de segurança. Ele espera que o app esteja novamente na AppStore tão logo a atualização esteja finalizada.

Mais sobre: Appstore Apple 500xp
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo