Telefonia móvel e Bancos lideram ranking de reclamações do PROCON em 2012

Reclamações contra empresas como Oi e Claro-Embratel foram as "campeãs" no ano passado. No setor bancário, Itaú foi o líder de queixas.

Por | @marciobohrer Programação

O PROCON (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor) é órgão auxiliar do Poder Judiciário, que tenta solucionar conflitos entre o consumidor e empresa que vende um produto ou presta algum serviço.

Segundo o balanço divulgado nesta quarta-feira pelo Sindec (Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor), vinculado ao Ministério da Justiça, a concessionária de telefonia Oi foi a empresa que mais registros de demandas obteve em 2012, foram 120.374. Seguida pela Claro-Embratel 102.682 demandas, Grupo Itaú (97.578), Banco Bradesco (61.257) e a Vivo-Telefonia (44.022).

O ranking de 2011 havia sido liderado pelos cartões de crédito (Itaú).

O PROCON prefere a denominação “demanda” a “reclamações” porque acontecem atendimentos onde não são necessários processos administrativos pelo órgão.

O balanço revela ainda, quais os setores que mais geraram reclamações dos consumidores. O setor financeiro recebeu (23,85%) do total das demandas, englobando bancos comerciais, cartões de crédito, cartões de lojas, etc. As telecomunicações seguem de perto com (21,7%), reclamações através de telefonia móvel, fixa, TV por assinatura e internet.

Das demandas, a maior parte (37,42%) foi relativa a cobranças, seguida da qualidade dos produtos (17,57%). Outro dado importante é o crescimento nas demandas em 2012 que subiram para mais de 2 milhões, 20% em relação a 2011.

Mais sobre: Oi, PROCON, Vivo
Share Tweet
DESTAQUESMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.