Hacker que divulgou fotos nuas de Scarlett Johansson, pega 10 anos de prisão

O hacker que liberou as fotos de Scarlett Johansson na internet em 2011, Christopher Chaney, foi processado pela invasão de contas de emails de diversas celebridades e de acordo com as autoridades norte-americana, Christopher pegou uma pena de 10 anos atrás das grades

Por | @oficinadanet Segurança digital

O hacker que liberou as fotos de Scarlett Johansson na internet em 2011, Christopher Chaney, foi processado pela invasão de contas de emails de diversas celebridades e de acordo com as autoridades norte-americana, Christopher pegou uma pena de 10 anos atrás das grades.

Os promotores do caso haviam sugerido uma pena de seis anos mais pagamento de uma multa no valor de US$ 150 mil em danos morais às vítimas, sugestão essa que não foi aceita pela corte, que achou melhor aplicar uma sentença mais severa.

Mas não fora somente contas de pessoas famosas que o hacker andou bisbilhotando, e sim emails de colegas de trabalho também fora invadido por ele, enviando fotos nuas de duas mulheres para seus familiares. Em uma carta enviada à corte norte-americana, as duas mulheres explicaram como suas vidas foram destruídas pelo vazamento de imagens.

Para uma delas, desde o envio das fotos, a mesma passou a sofrer de ataques de pânico e ansiedade, já a outra se transformou em uma pessoa paranóica e depressiva. Ambas alegaram a justiça que Christopher era calculista, cruel, estranho e muito frio.

Mais sobre: scarlett johansson hacker fotos
Share Tweet
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo