Estudo francês revela eficácia do baclofeno no tratamento do alcoolismo

Estudo realizado por um médico francês entre os anos de 2008 a 2010, agora publicado na revista Frontiers in Psychiatry, revelou a eficácia do baclofeno no tratamento a longo prazo do alcoolismo

Por | @oficinadanet Ciência

Estudo realizado por um médico francês entre os anos de 2008 a 2010, agora publicado na revista Frontiers in Psychiatry, revelou a eficácia do baclofeno no tratamento a longo prazo do alcoolismo. Até o momento a molécula estava sendo utilizada apenas em curto e médio prazo, isso até um ano após o início do tratamento.

Renaud de Beaurepaire, do Grupo Hospitalar de Paul-Giraud em Villejuif e responsável pelo estudo, se concentrou em 100 pacientes, todos eles dependentes de álcool e resistentes aos tratamentos convencionais, sendo que os mesmos passaram a ser tratados com doses crescentes da molécula e mais, sem limite superior; onde o estudo constatou que a percentagem de pacientes que ficaram totalmente abstinente ou que passaram a ter um consumo normal de álcool, foi de aproximadamente 50%, isso em todas as avaliações realizadas em três e seis meses, posteriormente passando pelo período de um a dois anos.

O estudo ainda revelou que o número de pacientes que melhoraram significativamente foi de 84% em três meses, 70% em seis meses, 63% em um ano e 62% em dois anos. Vale lembrar que o baclofeno é uma substancia antiga, muito prescrita por neurologistas para o tratamento de doenças como a esclerose múltipla e paralisia e agora é cada vez mais usado na França no tratamento de dependência de álcool.

Mais sobre: baclofeno estudo álcool
Share Tweet
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo

Siga nossas contas no Twitter